Acorda Cidade - Dilton Coutinho

30 de Outubro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Educação

Todas as notícias
Publicado em 12/08/2020 14h46.

Secretaria da Educação do Estado lança edital para prêmio em alusão às lutas pela Independência da Bahia

A relação dos autores e títulos dos textos selecionados será publicada no dia 2 de novembro.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Secretaria da Educação do Estado lança edital para prêmio em alusão às lutas pela Independência da Bahia
Foto: Manu Dias/GOVBA

Acorda Cidade

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) publicou, no Diário Oficial da Bahia desta quarta-feira (12), o edital nº 10/2020, que trata do concurso para a seleção de textos alusivos à temática das lutas pela Independência da Bahia, que culminaram no 2 de Julho. O material selecionado ganhará publicação digital em uma edição especial da Revista Estudos, do Instituto Anísio Teixeira (IAT). A seleção tem como objeto o Prêmio Luís Henrique Dias Tavares, instituído através da Portaria n° 464/2020. Podem participar docentes, discentes, profissionais da Educação Básica e da Educação Superior, além de pesquisadores/estudiosos da rede pública estadual de Educação Superior. As inscrições ocorrerão entre os dias 15 de agosto e 16 de setembro, exclusivamente por via digital, através de formulário eletrônico disponível no portal da Educação, no endereço (https://www.educacao.ba.gov.br/). A relação dos autores e títulos dos textos selecionados será publicada no dia 2 de novembro.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressaltou a simbologia do 2 de Julho e a importância desta premiação. "Esta é uma história baiana e brasileira e esta premiação é para reavivar a relevância do movimento popular para a conquista da independência. É uma oportunidade para que estudantes, professores e pesquisadores possam enaltecer a democracia e a resistência, atitude importantíssima neste momento em que, mais uma vez, o povo tem que se mostrar forte para vencer as dificuldades da pandemia".

No ato da inscrição, o autor deverá fazer upload do texto com o arquivo salvo com o nome do autor em campo para esta finalidade, integrante do formulário eletrônico. O arquivo não deve ser superior a 10 MB. Somente serão aceitos textos nos formatos Word (textos escritos) e JPEG/PNG (textos imagéticos). Ao realizar a inscrição, os autores concedem seus direitos autorais para a publicação na Revista Estudos IAT e ao Instituto Anísio Teixeira, com permissão para compartilhamento do trabalho em atividades educacionais e não comerciais, com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista. Os textos selecionados serão publicados no dia 11 de novembro.

O prêmio é subdividido em dois grupos. O Grupo I é composto por pessoal do suporte técnico-administrativo e discentes da Educação Básica, que deverão produzir textos do campo da literatura, nos seus variados gêneros, ou em linguagem imagética. Já o Grupo II é composto por docentes da Educação Básica, pesquisadores, docentes, discentes e pessoal do suporte técnico-administrativo das Instituições Estaduais de Ensino Superior, envolvendo a produção de textos do campo da literatura nos seus variados gêneros; do campo técnico/científico; de registros de estudos e pesquisas; e linguagem imagética.

Os textos deverão ser enquadrados nas seguintes categorias, sob a responsabilidade exclusiva dos autores e coautores, quando houver: Categoria 1: textos do campo da literatura (nos seus vários gêneros, como poemas, contos, ensaio etc.) - ambos os grupos; Categoria 2: textos do campo técnico/científico - grupo II; Categoria 3: textos de registros de estudos e pesquisas - Grupo II; Categoria 4: textos em linguagem imagética (desenhos, gravuras, ilustrações, efígies etc.) - ambos os grupos.

No ato da inscrição, os autores deverão indicar em qual das categorias o texto pertence. Cada autor poderá inscrever um único texto por categoria e o mesmo deverá ser inédito. Não serão aceitos textos associados a materiais pedagógicos existentes que se apresentem na forma de anexos, apêndices, separatas, suplementos ou quaisquer outras formas, similares ou contíguas (a uma ou mais obras) já existentes, inclusive textos explicitamente derivados de tradução ou destacados como adaptações.

Os textos deverão atender às normas do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A escrita e a apresentação dos textos obedecerão aos recursos de padronização técnica correspondentes aos de textos acadêmicos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), no caso das categorias 2 e 3. Ainda se tratando das categorias 2 e 3, na composição da mancha gráfica do texto, pronta para editoração, os originais devem ser apresentados em formato A-4 e digitado em Word, versão Microsoft Office Word 2003 ou superior. Já a formatação dos textos destas duas categorias devem conter o mínimo de oito e máximo de quinze laudas, incluindo referências.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Estado autoriza retorno das atividades letivas nas instituições de Ensino Superior a partir do dia 3 de novembro
Bahia

Estado autoriza retorno das atividades letivas nas instituições de Ensino Superior a partir do dia 3 de novembro

Caberá a cada instituição estabelecer o seu calendário de retorno às aulas, desde que os protocolos estej...

Rui avalia dar férias coletivas para professores em novembro antes do retorno das aulas
Bahia

Rui avalia dar férias coletivas para professores em novembro antes do retorno das aulas

A medida, cuja viabilidade é estudada pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE), faz parte do calendário de vo...

Revalida 2020: número de inscritos supera os 16 mil
Brasil

Revalida 2020: número de inscritos supera os 16 mil

A última edição teve 7.380 inscritos, dos quais 393 foram aprovados

Vídeo

Entrevista com o candidato a prefeito de Feira de Santana, Roberto Tourinho (PSB) Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram