Acorda Cidade - Dilton Coutinho

25 de Setembro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Cultura

Todas as notícias
Publicado em 04/08/2020 12h55.

Alunos da rede pública participam de concurso virtual de fotografia

Após receber dicas e orientações básicas de como fotografar coisas do cotidiano usando seu próprio aparelho celular, os alunos começaram a fazer seus registros fotográficos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Alunos da rede pública participam de concurso virtual de fotografia
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

Os alunos do 8 ano do Colégio Estadual Edith Machado Boaventura, que estão sem aulas devido à pandemia, foram convidados a participar de um concurso fotográfico amador, chamado de I Concurso Edith de Fotografia.

Após receber dicas e orientações básicas de como fotografar coisas do cotidiano usando seu próprio aparelho celular, os alunos começaram a fazer seus registros fotográficos. 

Foto: Divulgação

“A pandemia tem proporcionado a oportunidade de termos um olhar mais atento ao próximo, à natureza, a quem amamos e ao nosso próprio eu interior. O objetivo desse concurso foi motivar os alunos que estão em distanciamento social a explorar o que está próximo deles, com um olhar mais sensível e artístico. E o resultado foi surpreendente!”, explicou o professor de Inglês e Artes, João Luiz Costa, conhecido pelos alunos como John.

O projeto contou com o apoio e colaboração da diretora da escola, Rosiene Figueredo. Na primeira fase do concurso, os alunos enviaram dezenas de fotografias, que foram selecionadas e então passaram por uma votação por meio de um formulário Google, que contou com a participação até de outras escolas. As fases seguintes contaram com o voto popular no feed e nos stories do Instagram @linguainglesaceemb. 

Foto: Divulgação

O aluno Levi Solombre, 13 anos, que ficou em segundo lugar, explicou a inspiração para sua fotografia. "Existe uma frase em Latim que é 'Lux In Tenebris', que significa 'Luz Na Escuridão'. Essa frase é o lema de várias universidades, e serve também de inspiração para as pessoas buscarem uma luz em meio às trevas que as cercam. Eu tirei essa foto em meu quarto, apaguei todas as fontes de luz para realçar a beleza da chama. Quis representar esse momento da pandemia como as trevas e a chama como a nossa busca constante pela luz e esperança."

Jailene Ribeiro, 15 anos, vencedora da competição, contou que o sol estava refletindo na sua cadela que estava sentada no sofá da sala. Como ela estava sem fazer nada, começou a tirar algumas fotos, usando seu celular. “A pandemia está sendo algo muito chato, mas também está me ensinando a valorizar mais as coisas. Tenho brincado mais com minha cadela, tem me feito muito bem.", disse ela.

Já Aila Lorrane, 13 anos, que ficou em 3 lugar, explicou que tentou usar técnicas de foco e ângulos diferentes para tirar a sua foto. “Tentei, de maneira simples e natural, expressar leveza e delicadeza. Sempre gostei de admirar a natureza, mas agora na pandemia estou fazendo isso ainda mais. Me sinto mais calma.", revelou.

Os três primeiros colocados foram premiados com um troféu de recordação, a sua fotografia emoldurada para decorar sua casa e um prêmio especial. Jailene ganhou um headphone bluetooth rosa, que é a sua cor favorita. Levi, que é fã de literatura de ficção científica, recebeu dois livros clássicos de H.G.Wells: “A Máquina do Tempo” e “Guerra dos Mundos”. Aila escolheu ganhar uma ring light para smartphone para tirar selfies ainda mais bonitas e iluminadas. Os pais dos alunos estavam com eles para receber os prêmios e ficaram muito orgulhosos da conquista dos filhos!

O professor, que é amante de fotografia e idealizador do projeto, conta que ficou muito animado com a realização do concurso e pretende aperfeiçoar ainda mais para os próximos anos. “Acredito que projetos assim trazem um nova perspectiva para esses alunos, um olhar mais atento e crítico do que está à sua volta. Espero ampliar essa ideia e proporcionar esse tipo de experiência para mais alunos nas próximas edições do concurso!”

No próximo dia 5 de agosto (Quarta-feira), às 16h, o professor João Luiz Costa irá oferecer uma experiência com as imagens, por meio de uma oficina de fotografia, para os professores e alunos da rede estadual de ensino de Feira de Santana, inscritos no Circuito Artístico-Cultural Virtual, organizado pelo Núcleo Territorial de Educação de Feira de Santana.

Foto: Divulgação

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Cultura

Pagamentos da Lei Aldir Blanc atingem a marca dos R$ 2 bilhões

Recurso repassado pelo Ministério do Turismo já chegou a 25 estados e 905 municípios brasileiros.

I Festa Literária Internacional da Chapada Diamantina
Cultura

I Festa Literária Internacional da Chapada Diamantina

A segunda edição da Flich acontece em formato virtual nos dias 29, 30 e 31 de outubro no canal da TV Uneb Se...

Feira de Santana

Centro de Cultura Amélio Amorim e Sintraf criam ponto de cadastro para profissionais da cultura em Feira de Santana

O Amélio Amorim e o Sintraf também realizarão ações de divulgação e mobilização de artistas e produto...

Vídeo

Veja como ficou a Avenida Senhor dos Passos após remoção das barracas Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram