Acorda Cidade - Dilton Coutinho

13 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 31/07/2020 09h46.

Moradores do bairro Papagaio reclamam de buracos e ruas alagadas

Eles se reuniram na manhã desta sexta-feira (31), e mostraram a situação para a reportagem do programa Acorda Cidade.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Moradores do bairro Papagaio reclamam de buracos e ruas alagadas
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Rachel Pinto

Os moradores da Rua Oriente, na localidade conhecida como Adelba, no bairro Papagaio em Feira de Santana, reclamam dos buracos e alagamentos e relatam que está difícil transitar pela rua.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Eles se reuniram na manhã desta sexta-feira (31) e mostraram a situação para a reportagem do programa Acorda Cidade. De acordo com com os moradores, os três acessos principais para o bairro estão em péssimas condições. Os ônibus não conseguem adentrar nas ruas, e fica difícil também para carros de aplicativos e mototáxis e serviços de emergência.

Moradora da Rua Oriente há sete anos, Vânia Lobo, afirmou que até a avenida principal está alagando. Ela frisou que a via não tem esgotamento e quando chove a situação se agrava. "Fica tomada pela lama, pela água e os moradores não têm por onde passar. Estamos pedindo socorro”, disse.

Uma moradora, que se identificou como Núbia, relatou que quando precisam utilizar o transporte público, os moradores tem que ir até a pista, pois nem ônibus, nem outro transporte entra no bairro.

“As pessoas vão para a pista para pegar o carro para poder trabalhar. Aqui no bairro fala tudo. Escola, posto de saúde, estamos abandonados”, comentou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Cícero Farias, que também é morador do bairro, afirmou ao Acorda Cidade que os vereadores só aparecem no bairro Papagaio em época de eleição. De acordo com ele, as reclamações são constantes e nenhuma atitude efetiva é tomada por parte do poder público.

“Pedimos providências as autoridades para que nos ajudem a resolver essa situação”, declarou.

Proprietária da única escola particular que existe no bairro Papagaio, a professora Josy Martins, informou que algumas ruas foram contempladas no pacote de obras da prefeitura, mas até o momento não houve pavimentação.

“Não temos asfalto e nem rede de esgoto. Quando chove, as crianças atravessam o “rio” que se forma na rua para chegar até a escola”, lamentou.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Chefe de educação ambiental alerta comunidade sobre aumento de número de cascavéis em distrito
Feira de Santana

Chefe de educação ambiental alerta comunidade sobre aumento de número de cascavéis em distrito

Ele informou que esta situação está acontecendo porque os predadores naturais das cobras estão sendo morto...

Avenida Artêmia Pires e Marechal Castelo Branco recebem nova pavimentação com melhor resistência
Feira de Santana

Avenida Artêmia Pires e Marechal Castelo Branco recebem nova pavimentação com melhor resistência

De acordo com o superintendente de Obras, José pinheiro, nos próximos dias, os serviços de pavimentação ...

Após cinco meses de fechamento, dona de academia relata expectativas com o retorno das atividades
Covid-19

Após cinco meses de fechamento, dona de academia relata expectativas com o retorno das atividades

Ela ressalta que apesar do retorno, as pessoas não podem deixar os cuidados de lado. A pandemia ainda não ac...

Vídeo

Maternidade Santa Emília Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram