Acorda Cidade - Dilton Coutinho

05 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Moda e Beleza

Todas as notícias
Publicado em 18/07/2020 11h10.

Segmento de moda segue estável mesmo durante a quarentena

Mais tempo em casa e datas comemorativas são fatores que aquecem o setor
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Segmento de moda segue estável mesmo durante a quarentena
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

A avaliação dada pelos clientes após a compra de um produto ou serviço é um medidor importante em relação à qualidade da entrega dentro dos padrões esperados pelos consumidores. Uma boa avaliação online, seja de empresas voltadas para o comércio eletrônico ou focadas em lojas físicas, pode fazer toda a diferença, além de ajuda a medir quais os pontos que precisam ser melhorados.

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa Yourviews by Hi Plataform, alguns setores se saíram melhor em agradar seu público. O levantamento, intitulado Estudo de satisfação do E-consumidor 2019, analisou as avaliações de 760 e-commerces que fazem parte do mercado brasileiro, e mostrou que os consumidores estão mais satisfeitos com os setores de moda, calçados, cosméticos e eletrônicos. Foram analisados os dados obtidos entre janeiro e dezembro de 2019, considerando 69 segmentos. A avaliação levou em conta os comentários dos clientes em relação à qualidade durante a jornada de compra.

É possível notar que o setor ainda mantém certa estabilidade em 2020, apesar da pandemia causada pelo novo coronavírus e da queda apresentada pelo segmento no começo da quarenta. A compra de produtos pela internet apresentou um crescimento de 81% em abril quando comparado ao mesmo período de 2019, de acordo com uma pesquisa da Compre & Confie, com uma maior procura de produtos com utilidade para o momento de isolamento. Assim, setores como o de comercialização de roupas e sapatos precisaram se adaptar para conseguir manter o faturamento enquanto as medidas contra o coronavírus seguem em vigência.

Além da busca por itens mais confortáveis para atender ao aumento do tempo em casa, datas comemorativas, como o Dia dos Namorados, também influenciam a busca por produtos do setor de moda. Pijama feminino e masculino, itens de cozinha, equipamentos de ginástica e outros produtos para melhorar a qualidade de vida em casa foram os mais procurados como opções de presentes. Itens antes considerados tão íntimos e pessoais passaram a ganhar o título de “indispensáveis”, já que seu uso ganhou ainda mais sentido durante o período de quarentena.

Marcas de loungewear e lingerie já têm registrado crescimento nas vendas. De acordo com a marca Hope, marca do segmento de roupas íntimas, as vendas da empresa registraram um aumento de 400% durante o isolamento. Na semana de 30 de maio a 5 de junho, o termo “beleza” foi buscado 85% a mais na ferramenta de pesquisas Google do que em relação ao começo de janeiro. Outro termo que cresceu foi “moda” com um aumento de 28% nas buscas.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Bem estar

Confira oito dicas de automassagem nos pé para fazer em casa

Com um pouco de flexibilidade, a massagem nos pés pode ser feita pela própria pessoa e basta ter um óleo ou...

Moda e Beleza

Cinco dicas práticas para deixar os cabelos mais fortes e brilhantes

Deixar o cabelo descansar e escolher a escova certa são algumas das orientações.

Isolamento social

Pessoas estão lavando menos os cabelos e comportamento aumenta as chances de queda capilar

Para amenizar o problema, especialista traz dicas que vão desde a higienização diária dos cabelos até a u...

Vídeo

Maternidade Santa Emília Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 04.08:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram