Acorda Cidade - Dilton Coutinho

07 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Bahia

Todas as notícias
Publicado em 01/07/2020 08h19.

Bahia é o segundo estado que mais investe em bolsas de pesquisa científica

Somente no ano passado, 2302 estudantes foram contemplados, segundo dados recentes divulgados pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Entre os anos de 2018 e 2019, a Bahia se consagrou como o segundo estado que mais concede bolsas para pesquisadores científicos com recursos próprios. A Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), disputa a primeira posição no ranking nacional. Em 2018, foi a fundação que mais concedeu bolsas de estudo, já em 2019, ocupa o segundo lugar, atrás apenas da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp). Somente no ano passado, 2302 estudantes foram contemplados, segundo dados recentes divulgados pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

A lista se refere aos benefícios concedidos aos estudantes dos cursos de mestrado e doutorado que atuam no Brasil ou no exterior. O diretor da Fapesb, Márcio Costa, celebra os resultados que posicionam a Bahia em liderança nacional. “No total de 2018, foram 2282 bolsas concedidas. Foi o maior número de estudantes contemplados por uma FAP naquele ano. Por isso, temos muito orgulho de dar continuidade a este trabalho na Fapesb sempre com o objetivo de promover a ciência, apoiando nossos pesquisadores com o retorno em forma de benefícios à sociedade”, declarou.

De acordo com a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, esses números demonstram o esforço do Governo do Estado em incentivar a pesquisa em toda a Bahia. “Cada pesquisa dessa que foi financiada pode ser a solução para diversos desafios que enfrentamos na sociedade. A Bahia possui um leque incrível de pesquisadores talentosos que precisam do nosso apoio para desenvolverem projetos que auxiliam na qualidade de vida da nossa população”, destacou, relembrando que foram pesquisadores baianos, com apoio da Fapesb, que primeiro identificaram o Zyka Vírus, além de ”sermos precursores em diversas áreas do conhecimento”.

Entre 2019 e 2020, a Fapesb lançou editais voltados para identificar, por meio da ciência, da tecnologia e da inovação, possíveis soluções para problemas enfrentados pela sociedade na atualidade. No ano passado, foi mais de R$ 1,5 milhão em recursos para pesquisadores que desenvolvessem projetos inovadores, através do edital Centelha Bahia, com parceria da Finep. Além disso, o edital para promover pesquisas científicas que estudam o combate de doenças que afetam a população negra, como a doença falciforme, consagrou a primeira vez que uma Fundação de Amparo à Pesquisa do Brasil lança um edital voltado para este tema.

“Este ano, em caráter emergencial, a Fapesb lançou um edital para pesquisadores que tivessem projetos relacionados ao Coronavírus e ao enfrentamento da pandemia da Covid-19. Foram R$ 220 mil disponibilizados em recursos, que demonstram a importância de investirmos em pesquisa científica. Esse investimento em breve retorna à sociedade, seja em forma de vacina, de remédio, protótipos tecnológicos ou estudos sociais que fazem a população da Bahia, e até do Brasil, avançar rumo a um futuro melhor”, acrescentou Adélia Pinheiro.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Bahia disponibiliza painel com dados epidemiológicos do coronavírus em tempo real
Bahia

Bahia disponibiliza painel com dados epidemiológicos do coronavírus em tempo real

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “o sistema permite correlacionar três bas...

Rui e Neto apresentam protocolo comum de retomada da economia
Bahia

Rui e Neto apresentam protocolo comum de retomada da economia

O principal critério adotado neste protocolo comum é a capacidade de o poder público ofertar leitos de Unid...

Bahia tem mais 11 cidades com transporte suspenso; total chega a 366
Bahia

Bahia tem mais 11 cidades com transporte suspenso; total chega a 366

A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em dec...

Vídeo

Paciente do município de Ruy Barbosa recebe homenagem em Centro de Hemodiálise após vencer Covid-19 Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 07.07:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram