Acorda Cidade - Dilton Coutinho

29 de Outubro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 24/06/2020 11h46.

Engenheiro explica água em paredes do túnel da Avenida João Durval

Segundo ele, essa água 'é natural e já estava previsto que isso ocorreria'.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Engenheiro explica água em paredes do túnel da Avenida João Durval
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Acorda Cidade

Muitas pessoas que passam pelo túnel da Avenida João Durval, cruzamento com a Presidente Dutra, sentido Tomba, estão observando uma água que está jorrando pelas paredes no local. O engenheiro da prefeitura Municipal de Feira de Santana, João Vianei Marçal, explicou ao Acorda Cidade que o fluxo de água é oriundo da elevação do lençol freático.

“Estamos em um período de grande pluviometria, concentração de chuvas, naturalmente o lençol tem uma elevação e pelas juntas das paredes diafragma, tem esse fluxo que está sendo identificado. Diferente do túnel da Maria Quitéria, onde tínhamos uma geometria com um espaço que permitiu que fosse feita uma drenagem, captando esse fluxo, no trecho da João Durval, quando há essa elevação através das juntas, há esse fluxo, mas também como fica visível ali, ele vem um escoamento pela barreira de concreto e vai para o sistema de captação que está no piso, mas não há nenhum risco para o fluxo do usuário, como também não há risco para a estrutura como o todo”, esclareceu.

Segundo ele, essa água é natural e já estava previsto que isso ocorreria, com um escoamento sem coprometer a estrutura metálica da placa cimentícia e o fluxo de água cai no sistema de drenagem, seguindo o curso normal.

“É natural chamar a atenção de quem passa, pois é um fluxo de água que está sendo visível sobre a barreira de concreto, mas não gera risco nenhum, é apenas um fluxo que até pela referência do túnel da Maria Quitéria que não é visível, chama a atenção, mas não gera risco, era uma condição que já se esperava na execução da obra”, garantiu o engenheiro.

As informações são do repórter Paulo José do Acorda Cidade
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Grupo de dança evangélico pede apoio para confecção de uniformes
Feira de Santana

Grupo de dança evangélico pede apoio para confecção de uniformes

O Ministério está localizado na Rua Brandão, no Bairro Feira VII.

Moradores do bairro Baraúnas reclamam de alagamentos após chuva
Feira de Santana

Moradores do bairro Baraúnas reclamam de alagamentos após chuva

De acordo com a dona de casa, Natália Lima Silva, os bueiros entupidos estão obstruindo o escoamento da águ...

Vídeo

Entrevista com o candidato a prefeito de Feira de Santana, Roberto Tourinho (PSB) Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram