Acorda Cidade - Dilton Coutinho

03 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 15/06/2020 10h52.

Homem de coragem

Mas quem foi João Batista? Por que tanta devoção a esse santo?
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Neste dia 24 de junho celebramos São João Batista. Recebe homenagens com preces, benditos, queima de fogos, fogueiras, danças folclóricas. Uma devoção popular que é festejada com comidas típicas como: milho, canjica, amendoim, pipoca, pamonha e os deliciosos licores. Mas quem foi João Batista? Por que tanta devoção a esse santo?

É O EVANGELISTA Lucas que cita os nomes de seus pais: Zacarias e Isabel. Seu nascimento aconteceu por intervenção direta de Deus. Isabel era estéril e os dois já tinham idade avançada. Zacarias estava a serviço do templo. De repente, aparece-lhe o anjo Gabriel e lhe diz que ele e Isabel teriam um filho e lhe revela, também, o nome da criança. “Seu filho se chamará João”. (João significa: Deus é misericordioso).

JOÃO BATISTA foi um profeta especial. Deus o escolheu para ser o precursor de Cristo. Aquele que preparou os caminhos para a chegada de Jesus. Afirmava que ninguém podia considerar-se filho de Abraão sem praticar a justiça. Sua pregação abalou toda a Judéia; muitos – fariseus e doutores – o rejeitaram; outros o tinham como um possesso de demônio.

TRÊS CLASSES de pessoas vieram perguntar a João o que fazer para poderem receber o Batismo: O povo simples, os poderosos e os soldados. Ao povo simples, dizia: “Façam partilha, quem tem duas túnicas, dê uma. Aos poderosos e cobradores de impostos, dizia: “Parem de roubar”. Aos soldados, dizia: “Não façam violência”. Mantenham a ordem”!

JOÃO BATISTA foi um homem de coragem. Enfrentou Herodes e o recriminou por viver em adultério, dizendo-lhe abertamente: “Não te licito viver com a mulher do teu irmão”! Foi essa coragem que o levou à prisão e depois à morte. Sempre foi coerente e fiel no cumprimento de sua missão. Daí, o elogio público que Jesus fez falando dele: “Eu vos garanto que dentre os nascidos de mulher, ninguém é maior do que João Batista”. (Mt 11,11).

NO FIM DE sua missão, referindo-se a Jesus, João Batista, disse: “Ele deve crescer e eu, diminuir” (Jo 3,30). Essas palavras nos fazem pensar! Todos nós, por mais distinta e elevada que seja a posição que ocupamos no mundo, somos apenas transitórios. Que bom seria se, na festa de São João Batista, além de comemorarmos com comidas, fogueiras e danças folclóricas nos lembrássemos de imitar também as virtudes desse grande santo.

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Artigo

Por que acender velas?

Simeão, homem justo e piedoso, quando Jesus foi apresentado no Templo, disse que Ele seria “a luz para ilumi...

Artigo

Quem é o Papa?

Qual é a sua missão na Igreja, na sociedade e no mundo?

Crônica

Por que namorar?

Nesse projeto, duas individualidades pretendem construir uma só.

Vídeo

Entregadores de apps de Feira de Santana aderem a greve nacional e reivindicam melhores condições de trabalho Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram