Acorda Cidade - Dilton Coutinho

06 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Economia

Todas as notícias
Publicado em 05/06/2020 19h01.

Produção de veículos tem queda de 84,4% em maio

Montadoras estão retomando as atividades lentamente, diz Anfavea
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Agência Brasil - A produção de veículos registrou queda de 84,4% em maio na comparação com o mesmo mês de 2019, segundo balanço divulgado hoje (5) pela Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Foram montadas 43,1 mil unidades, enquanto em maio do ano passado a produção ficou em 275,7 mil veículos. No acumulado do ano, 631 mil unidades, uma retração de 49,2% em relação às 1,24 milhão fabricadas de janeiro a maio de 2019.

O presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, ressaltou que as montadoras estão retomando lentamente as atividades que foram paralisadas devido às medidas para conter a pandemia de coronavírus. De acordo com ele, algumas fábricas só devem retomar a produção em junho. “As fábricas de caminhões voltaram todas praticamente durante o mês de maio, mas em um ritmo muito lento. A questão da segurança dos trabalhadores, como estão fazendo a gestão do protocolo de saúde, isso também afetou o ritmo da produção” disse.

A produção de caminhões teve queda um pouco menor do que a de veículos em geral, com retração de 63,9%, com a fabricação de 4,1 mil unidades em maio. No acumulado do ano, o setor de caminhões registra queda de 35,8% na produção, em comparação com o período de janeiro a maio de 2019, com a montagem de 29,2 mil unidades.

Vendas e exportações
As vendas de veículos tiveram redução de 74,7% em maio, com a comercialização de 62,2 mil unidades. De janeiro a maio, as vendas de veículos acumulam queda de 37,7%, com o licenciamento de 676 mil unidades.

O setor de máquinas agrícolas teve alta de 23,3% nas vendas de maio em relação ao mesmo mês de 2019, com a comercialização de 3,9 mil unidades. No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, as 15,7 mil unidades vendidas representam um aumento de 0,9% na comercialização alcançada no mesmo período do ano passado.

As exportações tiveram queda de 90,8% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado, com a venda de 3,9 mil veículos para o exterior. Nos primeiros cinco meses do ano, foram exportadas 100,1 mil unidades, uma queda de 44,9% em relação ao mesmo período de 2019.

Emprego
Em comparação com maio de 2019, o setor teve uma diminuição de 3,8% na quantidade de pessoas empregadas, mantendo atualmente 125,1 mil funcionários, um corte de quase 5 mil vagas.

Previsões
Moraes disse que ainda não é possível estimar como ficarão as exportações e a produção neste ano. No entanto, a Anfavea prevê uma retração de 40% nas vendas de veículos em 2020, com a comercialização de 1,67 milhão de unidades, contra 2,78 milhões vendidas ao longo do ano passado. O número seria equivalente ao comercializado no ano de 2004.

A projeção da associação leva em consideração a estimativa de uma queda no Produto Interno Bruto entre 7% e 7,5%. “Considerando o que nós sabemos da situação hoje”, ressaltou o presidente da Anfavea, destacando que o cenário ainda é de incertezas.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

PIX, do Banco Central, poderá concorrer com cartão de crédito
Economia

PIX, do Banco Central, poderá concorrer com cartão de crédito

Meio de pagamento instantâneo tem previsão de vigorar a partir de novembro

Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro
Economia

Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro

Valor será creditado nesta segunda-feira (6) pelo banco,

Caixa credita Auxílio Emergencial a 6,5 milhões de trabalhadores neste sábado (4)
Veja quem recebe

Caixa credita Auxílio Emergencial a 6,5 milhões de trabalhadores neste sábado (4)

Neste grupo estão nascidos em novembro e dezembro. Recursos serão liberados por meio da poupança social dig...

Vídeo

Entregadores de apps de Feira de Santana aderem a greve nacional e reivindicam melhores condições de trabalho Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 06.07:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram