Acorda Cidade - Dilton Coutinho

05 de Junho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 22/05/2020 19h18.

Maia critica nota do general Heleno e diz que 'ameaça não é o caminho'

Na nota, o ministro disse que “haverá 'consequências imprevisíveis para a estabilidade institucional” se o celular do presidente Jair Bolsonaro for apreendido.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Maia critica nota do general Heleno e diz que 'ameaça não é o caminho'
Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, criticou a nota divulgada nesta sexta-feira (22) pelo ministro-chefe do Gabinete da Segurança Institucional, General Augusto Heleno. Na nota, o ministro disse que “haverá 'consequências imprevisíveis para a estabilidade institucional” se o celular do presidente Jair Bolsonaro for apreendido. A nota de Heleno se referia ao fato de o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, ter encaminhado à Procuradoria-Geral da República para que se manifestasse sobre o pedido de apreensão do telefone. Maia concedeu entrevista à Rede Record no fim da tarde desta sexta-feira (22). “Ameaça é muito ruim, não é esse o caminho”, destacou Maia. Para Rodrigo Maia, o ministro do Supremo não se excedeu ao encaminhar o pedido à PGR para dar opinião sobre a entrega do aparelho. Segundo ele, uma conversa entre o Ministério da Justiça e Celso de Mello poderia ser melhor do que uma ameaça por nota ao STF. “Isso só afasta o STF do governo e cria mais instabilidade no momento de hoje”, ponderou o presidente da Câmara. Na avaliação de Rodrigo Maia, esse tipo de agressão sinaliza de forma negativa para os investidores no País. Para Maia, o Brasil vive um momento muito difícil e todos devem se unir para tratar do mais importante que é salvar vidas em razão da pandemia da Covid-19. “Essas agressões que confrontam, que agridem, como o general Heleno fez no início do ano acusando o Parlamento de charlatanismo, a cada vez, o que sinaliza no exterior é que não se pode investir no Brasil”, destacou o presidente. Leia mais na Agência Câmara.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dois secretários pedem exoneração do Governo do Estado
Política

Dois secretários pedem exoneração do Governo do Estado

Bruno Dauster deixou a Casa Civil e Cibele Oliveira, a Secretaria de Relações Institucionais.

Calor humano: funcionários da Caixa servem lanche para público que enfrenta fila para saque do auxílio
Tempos de pandemia

Calor humano: funcionários da Caixa servem lanche para público que enfrenta fila para saque do auxílio

Em contato com o Acorda Cidade, o gerente Marcus Vinícius afirmou que o objetivo é dar melhor atendimento ao...

Justiniano França diz que não será candidato a vereador
Eleições 2020

Justiniano França diz que não será candidato a vereador

Especula-se que Justiniano esteja disputando com o vereador Pablo Roberto (DEM) a vaga de candidato a vice-pre...

Vídeo

Manifestantes protestam contra o fechamento do comércio em frente a Hospital de Campanha e pedem informações sobre obra Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram