Acorda Cidade - Dilton Coutinho

28 de Maio de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 22/05/2020 19h18.

Maia critica nota do general Heleno e diz que 'ameaça não é o caminho'

Na nota, o ministro disse que “haverá 'consequências imprevisíveis para a estabilidade institucional” se o celular do presidente Jair Bolsonaro for apreendido.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Maia critica nota do general Heleno e diz que 'ameaça não é o caminho'
Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, criticou a nota divulgada nesta sexta-feira (22) pelo ministro-chefe do Gabinete da Segurança Institucional, General Augusto Heleno. Na nota, o ministro disse que “haverá 'consequências imprevisíveis para a estabilidade institucional” se o celular do presidente Jair Bolsonaro for apreendido. A nota de Heleno se referia ao fato de o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, ter encaminhado à Procuradoria-Geral da República para que se manifestasse sobre o pedido de apreensão do telefone. Maia concedeu entrevista à Rede Record no fim da tarde desta sexta-feira (22). “Ameaça é muito ruim, não é esse o caminho”, destacou Maia. Para Rodrigo Maia, o ministro do Supremo não se excedeu ao encaminhar o pedido à PGR para dar opinião sobre a entrega do aparelho. Segundo ele, uma conversa entre o Ministério da Justiça e Celso de Mello poderia ser melhor do que uma ameaça por nota ao STF. “Isso só afasta o STF do governo e cria mais instabilidade no momento de hoje”, ponderou o presidente da Câmara. Na avaliação de Rodrigo Maia, esse tipo de agressão sinaliza de forma negativa para os investidores no País. Para Maia, o Brasil vive um momento muito difícil e todos devem se unir para tratar do mais importante que é salvar vidas em razão da pandemia da Covid-19. “Essas agressões que confrontam, que agridem, como o general Heleno fez no início do ano acusando o Parlamento de charlatanismo, a cada vez, o que sinaliza no exterior é que não se pode investir no Brasil”, destacou o presidente. Leia mais na Agência Câmara.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Rui afirma que ano letivo não será cancelado
Política

Rui afirma que ano letivo não será cancelado

"Muito provavelmente as aulas irão atravessar esse ano e serão concluídas em 2021. Iremos fazer um grande m...

Revogada portaria com punições a quem descumpria quarentena
Política

Revogada portaria com punições a quem descumpria quarentena

A revogação foi oficializada com a publicação da Portaria Interministerial nº 9, assinada pelos ministros...

Ex-assessor de Geddel é nomeado para chefiar gabinete no Iphan
Política

Ex-assessor de Geddel é nomeado para chefiar gabinete no Iphan

A informação consta na edição desta quinta-feira (28) do diário oficial da União.

Vídeo

Auxílio emergencial: filas tranquilas em agências da Caixa neste feriado antecipado de São João Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram