Acorda Cidade - Dilton Coutinho

28 de Maio de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Polícia

Todas as notícias
Publicado em 18/05/2020 08h25.

Desarticulada quadrilha que fraudava recebimentos de alvarás judiciais

DRFR de Conquista e 10ª Coorpin apreenderam material usado no golpe que rendia até R$ 200 mil, por semana
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Três estelionatários, responsáveis por um golpe envolvendo o recebimento de Recursos de Pequenos Valores (RPV), oriundos de alvarás judiciais, foram presos, na sexta-feira (15), durante uma operação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), de Vitória da Conquista e da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

De acordo o titular da DRFR/Conquista, delegado Marcus Vinícius, chegou-se até o bando quando funcionários de uma agência bancária acionaram a polícia, após uma mulher tentar sacar valores, passando-se por uma pessoa que reside no estado do Piauí.

As vítimas eram escolhidas por um integrante da quadrilha que, identificando em tempo real quando e para quem os recursos eram liberados, repassava os dados cadastrais aos comparsas que foram presos.

Um dos falsários, já identificado e que está sendo procurado, aliciava pessoas para participar do golpe, oferecendo 15 por cento do valor sacado. O restante era dividido entre os demais integrantes e segundo um dos criminosos, o golpe rendia até R$ 200 mil, por semana.

O bando também falsificava documentos que seriam utilizados nos golpes. “Carteiras de identidades originais, oriundas de furto e roubo, eram apagadas quimicamente e os dados falsos reimpressos”, explicou o delegado. O dinheiro arrecadado era lavado e enviado para diversas contas abertas em nome dos golpistas.

Foram apreendidos um computador, impressora, papeis lavados quimicamente, além de comprovantes de transações de depósito, saques e transferências em valores altos, entre vários correntistas espalhados pelo Brasil.

Os criminosos presos já possuíam passagens pela polícia por homicídio e estelionato. Autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público e estelionato, o trio deverá ser encaminhado ao sistema prisional. A polícia busca identificar os demais integrantes do bando.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dois suspeitos de praticar assaltos morrem em confronto com a PM no conjunto George Américo
Feira de Santana

Dois suspeitos de praticar assaltos morrem em confronto com a PM no conjunto George Américo

Policiais apreenderam duas armas, drogas e dinheiro.

Polícia registra homicídio no conjunto George Américo
Feira de Santana

Polícia registra homicídio no conjunto George Américo

Vítima estava em uma bicicleta quando foi assassinada.

Suspeito de matar vigilantes de Feira de Santana é preso pela Rondesp Leste
Feira de Santana

Suspeito de matar vigilantes de Feira de Santana é preso pela Rondesp Leste

A Rondesp informou que estava em rondas quando o abordou por estar em atitude suspeita.

Vídeo

Auxílio emergencial: filas tranquilas em agências da Caixa neste feriado antecipado de São João Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram