Acorda Cidade - Dilton Coutinho

03 de Junho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 07/05/2020 07h23.

Em protesto, moradores da zona rural bloqueiam saída de ônibus da garagem da empresa Rosa

É o terceiro dia de protesto dos passageiros da zona rural.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Em protesto, moradores da zona rural bloqueiam saída de ônibus da garagem da empresa Rosa
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Andrea Trindade

Os moradores da zona rural de Feira de Santana que se sentiram prejudicados com a retirada de ônibus nas linhas distritais, que foram substituídos por vans, realizam na manhã desta quinta-feira (7), mais uma manifestação. É o terceiro protesto desde a última terça-feira (5), quando eles foram surpreendidos pela mudança. Depois de fechar o terminal central, e o trânsito em frente à prefeitura, eles impediram a saída dos ônibus da empresa Rosa da garagem, localizada no bairro Novo Horizonte. Com gritos de guerra, e aglomerados em meio a pandemia de covid-19, os moradores reivindicam os retorno dos ônibus e informaram que vão acionar o Ministério Público

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Uma boa parte do Alecrim Miúdo, o distrito da Matinha em peso, e ainda tá pra chegar o pessoal de Maria Quitéria. A empresa roda pra nossa comunidade e terça-feira deixou todos os distritos na mão, sem da explicação. Estamos realizando uma manifestação pacífica e só sairemos daqui quando o prefeito Colbert Martins vier falar conosco pessoalmente. E só queremos falar com ele e o gerente da empresa Rosa frente a frente, porque a gente vai para a prefeitura e ela joga pra Rosa e gente vem falar com a Rosa e ela joga para a prefeitura. Queremos falar com os dois. São linhas com mais de 30 anos que foram tiradas sem explicação”, reclamou Ubiratan Fonseca, conhecido como Bira do Alecrim, destacando que participou de uma reunião de cerca de duas horas com o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Saulo Figueiredo, e não resolveu a situação. 

O prefeito Colbert Martins Filho informou ao Acorda Cidade que uma reunião com a empresa Rosa será realizada ainda hoje para tratar a situação. Colbert alertou que bloquear a saída dos ônibus afeta moradores de outras partes da cidade.“Entendo que precisamos manter o diálogo para que pessoas não sejam prejudicadas”, disse.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Enquanto isso, nos terminais, Norte, Sul e Central, muitos passageiros aguardam o transporte público na parte externa para seguirem ao trabalho. O terminal está fechado e apenas os ônibus da empresa São João estão circulando. 

Matéria em andamento. Aguarde mais informações 

Fotos: Paulo José/Acorda Cidade

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA E A SECRETARIA DE TRANSPORTES E TRÂNSITO (SMTT) INFORMAM QUE A GARAGEM DA EMPRESA ROSA ENCONTRA-SE OBSTRUÍDA POR MANIFESTANTES DESDE ÀS 4h15. A POLÍCIA MILITAR JÁ FOI ACIONADA E OS TERMINAIS CENTRAL, NORTE E SUL, POR SEREM INTEGRADOS, ESTÃO FECHADOS POR MEDIDA PREVENTIVA DE SEGURANÇA. A SMTT ACOMPANHA TODA A MOVIMENTAÇÃO E ESTÁ TOMANDO AS MEDIDAS NECESSÁRIAS A FIM DE RESTABELECER O SERVIÇO DE TRANSPORTE PÚBLICO PARA A COMUNIDADE.

NOTA DE ESCLARECIMENTO À POPULAÇÃO DE FEIRA DE SANTANA SOBRE O TRANSPORTE DISTRITAL


A EMPRESA DE ÔNIBUS ROSA LTDA vem perante à população esclarecer o seguinte:

I – O edital da concorrência pública 04/2.015, NO QUAL FORAM CONTRATADAS AS EMPRESAS ROSA E SÃO JOÃO, NÃO PREVIA A EXISTÊNCIA DO SERVIÇO DE TRANSPORTE ALTERNATIVO NA CIDADE.

II – A Prefeitura de Feira de Santana, em janeiro de 2.018, ACHOU POR BEM REALIZAR licitação do Serviço de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC) – concorrência nº 68/2.017 e passar a execução das linhas distritais para o permissionários.

III – Pelo edital e pela lei, o atendimento aos distritos e zona rural é exclusivo do STPAC, pois as linhas estabelecidas do STPAC não poderão ser coincidentes ou concorrer com as linhas do Serviço Convencional de Transporte Público.

IV – As empresas já haviam alertado, inúmeras vezes, que manter as concessionárias nas linhas rurais e distritais afronta o art. 18 da Lei Complementar 112/18:

“O Transporte Público Alternativo Complementar é a modalidade não concorrente ao transporte público coletivo, destinado às áreas não atendidas pelo transporte público coletivo, exclusivamente em distrito e zona rural, com tarifas e veículos diferenciados.”

V – Os próprios permissionários do STPAC reclamaram junto à Prefeitura e ao Ministério Público da atuação das empresas nos distritos e zona rural da cidade.

VI – As Concessionárias estão, desde fev/março de 2.019, alertando a Prefeitura e o Ministério Público da ilegalidade de sua permanência nos distritos e zona rural.

VII - Nas últimas semanas todos fomos surpreendidos pelos devastadores efeitos da pandemia causado pelo Covid-19. Houve uma enorme queda de passageiros e as receitas das concessionárias não são suficientes para manter o serviço convencional.

VIII – As empresas não tem receitas ou outra alternativa senão focar suas atividades na manutenção do transporte público coletivo urbano da cidade.

IX – Concluída a licitação do STPAC, cabe à Prefeitura, através da SMTT, elaborar e detalhar os quadros de horário a partir de consultas às comunidades atendidas nos distritos e zona rural, de forma que as mesmas fiquem plenamente atendidas do serviço público.

X – Reafirmamos o Compromisso da Empresa de Ônibus Rosa que, dentro das possibilidades financeiras durante a pandemia, farão de tudo para manter a prestado do serviço de transporte urbano para atendimento da população Feirense.

Empresa Rosa - Feira de Santana, 6 de maio de 2020.

Leia também:

Moradores da zona rural vão recorrer ao Ministério Público para resolver situação do transporte coletivo

Passageiros fazem manifestação em frente à prefeitura contra a precariedade do transporte público na zona rural

Passageiros fecham terminal contra substituição de ônibus por vans em linhas distritais

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Fake News: é falsa informação sobre toque de recolher em Feira de Santana
Feira de Santana

Fake News: é falsa informação sobre toque de recolher em Feira de Santana

Na verdade trata-se de uma montagem a partir de um banner feito originalmente pela Prefeitura de Serrinha.

PPP da iluminação: Município publica Aviso de Licitação para leilão na Bovespa
Feira de Santana

PPP da iluminação: Município publica Aviso de Licitação para leilão na Bovespa

O anúncio foi feito pelo prefeito Colbert Martins Filho, juntamente com o secretário de Planejamento, Carlos...

Com aumento de 185% nos casos de covid-19 em Feira, especialista diz que comércio deve continuar fechado
Feira de Santana

Com aumento de 185% nos casos de covid-19 em Feira, especialista diz que comércio deve continuar fechado

Niconelis, que é médico e cientista, diz que a sugestão sobre manter restrições no funcionamento de ativi...

Vídeo

Manifestantes protestam contra o fechamento do comércio em frente a Hospital de Campanha e pedem informações sobre obra Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 02.06:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram