Acorda Cidade - Dilton Coutinho

12 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 07/05/2020 06h34.

Moradores da zona rural vão recorrer ao Ministério Público para resolver situação do transporte coletivo

Ao Acorda Cidade eles disseram que a reunião com a SMTT não resolver o problema dos passageiros.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Moradores da zona rural vão recorrer ao Ministério Público para resolver situação do transporte coletivo
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Ney Silva e Rachel Pinto

A reunião entre o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo, e uma comissão de moradores da zona rural de Feira de Santana que desde terça-feira (5) reivindicam o retorno dos ônibus do transporte público, não teve resultado positivo para a comunidade. Representante da comissão, Ubiratan Fonseca disse que vai acionar o Ministério Público (MP) para buscar soluções para o problema.

Ubiratan disse ao Acorda Cidade que não ficou nada definido nesta reunião e o secretário informou que a prefeitura recebeu uma notificação da empresa Rosa, comunicando que os ônibus não retornam mais para a zona rural, que a saída é definitiva. Ubiratan disse que vai procurar o MP e o prefeito Colbert Martins para resolver a questão.

“O secretário disse que vai colocar as vans reservas para fazer um tapa-buraco que a empresa deixou, mas as vans não resolvem o problema da zona rural. A gente precisa de uma resposta concreta do secretário, do prefeito e da empresa. Precisamos dos ônibus para fazer a integração dos passageiros que trabalham nos bairros. Senão os trabalhadores pagarão quatro passagens. O secretário afirmou que irá colocar sistema de bilhetagem nas vans, mas não informou quando será feito. Queremos os ônibus de volta e vamos lutar para isso”, declarou.

Portando um cartaz e fazendo uma barreira humana na Avenida Senhor dos Passos, Mércia Fonseca relatou ao Acorda Cidade que somente o serviço das vans não dá conta de todos os passageiros da zona rural. Ela acrescentou que além da incapacidade de suportar grande quantidade de passageiros, as vans estão ficando lotadas e contrariando as orientações do distanciamento social para evitar o contágio pelo coronavírus, (Covid-19).

“Está complicada essa situação. Queremos o retorno dos ônibus com melhorias. Os moradores da zona rural também votam e pagam os seus impostos. Tiraram os ônibus sem nos dar nenhuma justificativa, nenhuma explicação”, lamentou.

 O secretário municipal de transportes e trânsito, Saulo Figueiredo, informou que a prefeitura foi surpreendida, na última terça-feira (5),  com "uma medida unilateral das concessionárias" de transporte público da cidade em "que decidiram sem o consentimento do poder público deixar de operar em dez linhas que operavam na zona rural". Segundo ele, desde que a secretaria tomou conhecimento da situação, alguns esforços foram empreendidos. Ele disse que haverá uma reunião nesta quinta-feira (7) para resolver a situação.

“Para que não haja maiores prejuízos para a população e desde terça-feira (5), alocamos algumas vans do transporte alternativo. Face à diminuição de passageiros nós tínhamos aí cerca de 40 vans que estavam operando em sistema de rodízio e então nós já chamamos esses permissionários e já tivemos um incremento para essas linhas de aproximadamente 15 veículos. Nesta quinta-feira (7), teremos uma frota ainda maior, um incremento, só para atender essas linhas, de aproximadamente, 25, 28 veículos. Essa é a principal alternativa que nós vamos buscar para que as pessoas não fiquem desassistidas nesse momento. Obviamente que a prefeitura já determinou por via de notificação, notificação administrativa, que as concessionárias retomem as ordens d serviço determinadas por nós. Até o presente momento, não retomaram. Haverá uma reunião entre o prefeito e as concessionárias e nós aguardamos o resultado dessa reunião”, declarou.
 

NOTA DE ESCLARECIMENTO À POPULAÇÃO DE FEIRA DE SANTANA SOBRE O TRANSPORTE DISTRITAL


A EMPRESA DE ÔNIBUS ROSA LTDA vem perante à população esclarecer o seguinte:

I – O edital da concorrência pública 04/2.015, NO QUAL FORAM CONTRATADAS AS EMPRESAS ROSA E SÃO JOÃO, NÃO PREVIA A EXISTÊNCIA DO SERVIÇO DE TRANSPORTE ALTERNATIVO NA CIDADE.

II – A Prefeitura de Feira de Santana, em janeiro de 2.018, ACHOU POR BEM REALIZAR licitação do Serviço de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC) – concorrência nº 68/2.017 e passar a execução das linhas distritais para o permissionários.

III – Pelo edital e pela lei, o atendimento aos distritos e zona rural é exclusivo do STPAC, pois as linhas estabelecidas do STPAC não poderão ser coincidentes ou concorrer com as linhas do Serviço Convencional de Transporte Público.

IV – As empresas já haviam alertado, inúmeras vezes, que manter as concessionárias nas linhas rurais e distritais afronta o art. 18 da Lei Complementar 112/18:

“O Transporte Público Alternativo Complementar é a modalidade não concorrente ao transporte público coletivo, destinado às áreas não atendidas pelo transporte público coletivo, exclusivamente em distrito e zona rural, com tarifas e veículos diferenciados.”

V – Os próprios permissionários do STPAC reclamaram junto à Prefeitura e ao Ministério Público da atuação das empresas nos distritos e zona rural da cidade.

VI – As Concessionárias estão, desde fev/março de 2.019, alertando a Prefeitura e o Ministério Público da ilegalidade de sua permanência nos distritos e zona rural.

VII - Nas últimas semanas todos fomos surpreendidos pelos devastadores efeitos da pandemia causado pelo Covid-19. Houve uma enorme queda de passageiros e as receitas das concessionárias não são suficientes para manter o serviço convencional.

VIII – As empresas não tem receitas ou outra alternativa senão focar suas atividades na manutenção do transporte público coletivo urbano da cidade.

IX – Concluída a licitação do STPAC, cabe à Prefeitura, através da SMTT, elaborar e detalhar os quadros de horário a partir de consultas às comunidades atendidas nos distritos e zona rural, de forma que as mesmas fiquem plenamente atendidas do serviço público.

X – Reafirmamos o Compromisso da Empresa de Ônibus Rosa que, dentro das possibilidades financeiras durante a pandemia, farão de tudo para manter a prestado do serviço de transporte urbano para atendimento da população Feirense.

Empresa Rosa - Feira de Santana, 6 de maio de 2020.

Leia também:

Passageiros fazem manifestação em frente à prefeitura contra a precariedade do transporte público na zona rural

Passageiros fecham terminal contra substituição de ônibus por vans em linhas distritais

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Chefe de educação ambiental alerta comunidade sobre aumento de número de cascavéis em distrito
Feira de Santana

Chefe de educação ambiental alerta comunidade sobre aumento de número de cascavéis em distrito

Ele informou que esta situação está acontecendo porque os predadores naturais das cobras estão sendo morto...

Avenida Artêmia Pires e Marechal Castelo Branco recebem nova pavimentação com melhor resistência
Feira de Santana

Avenida Artêmia Pires e Marechal Castelo Branco recebem nova pavimentação com melhor resistência

De acordo com o superintendente de Obras, José pinheiro, nos próximos dias, os serviços de pavimentação ...

Após cinco meses de fechamento, dona de academia relata expectativas com o retorno das atividades
Covid-19

Após cinco meses de fechamento, dona de academia relata expectativas com o retorno das atividades

Ela ressalta que apesar do retorno, as pessoas não podem deixar os cuidados de lado. A pandemia ainda não ac...

Vídeo

Maternidade Santa Emília Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram