Acorda Cidade - Dilton Coutinho

11 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

São João

Todas as notícias
Publicado em 04/05/2020 10h00.

Anvisa mantém contato com fabricante de medicamento autorizado no EUA para pacientes graves de covid-19

Anvisa fará reunião com a fabricante para verificar o interesse e a viabilidade do fornecimento do medicamento no Brasil.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Anvisa mantém contato com fabricante de medicamento autorizado no EUA para pacientes graves de covid-19
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Acorda Cidade

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está em contato com a Gilead, empresa que fabrica o remdesivir no exterior, para acompanhar a evolução dos estudos do medicamento para o tratamento do novo coronavírus (covid-19).

Nessa sexta-feira (1º), o Food and Drug Administration (FDA) autorizou o uso do remdesivir nos Estados Unidos para tratamento da infecção em pacientes em estado grave. Nos próximos dias, a Anvisa fará reunião com a fabricante para verificar o interesse e a viabilidade do fornecimento do medicamento no Brasil.

De acordo com a Agência, a Gilead tem vários estudos clínicos em andamento para o remdesivir, com dados iniciais esperados nas próximas semanas. “Caso o benefício do medicamento se comprove, a Anvisa possui mecanismos, como anuência de uso em programa assistencial e priorização de registro, para garantir o acesso célere do medicamento à população.”

Segundo a Agência, o remdesivir não possui pedido de registro no Brasil. Até o momento, também não houve solicitação de anuência em pesquisa clínica com o medicamento, que teve o uso clínico autorizado nos Estados Unidos.

“Ressaltamos que somente as pesquisas clínicas que tem a finalidade de subsidiar o registro ou alteração de registro, como a inclusão de uma nova indicação terapêutica em bula, por exemplo, estão no escopo de atuação da Anvisa.”

Outras pesquisas, como as pesquisas científicas ou acadêmicas, com outras finalidades requerem somente a aprovação pela instância ética (Comissão Nacional de Ética-Conep e as Comissões de Ética - CEPs Locais).

Até o momento não houve nenhuma solicitação de autorização de uso do medicamento por meio de Programas Assistenciais (Uso Compassivo e Acesso Expandido), segundo a Anvisa.

*Com informações da Anvisa

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Arraiá de Jorge é a atração do São Pedro do Sesc Bahia
São João

Arraiá de Jorge é a atração do São Pedro do Sesc Bahia

O show tem início às 19h e será transmitido pelo canal do Sesc Bahia no YouTube.

Cancelamento do São João deixa de movimentar mais de R$ 500 milhões em toda a Bahia, diz SEI
São João

Cancelamento do São João deixa de movimentar mais de R$ 500 milhões em toda a Bahia, diz SEI

As 60 maiores festas privadas atraíram 500 mil pessoas e movimentaram mais de R$ 550 milhões durante o perí...

Fogueira cênica feita pela prefeitura de Riachão do Jacuípe no palco de eventos emociona a população
São João

Fogueira cênica feita pela prefeitura de Riachão do Jacuípe no palco de eventos emociona a população

A Prefeitura de Riachão do Jacuípe fez essa intervenção artística a fim de lembrar às pessoas sobre o va...

Vídeo

Paciente do município de Ruy Barbosa recebe homenagem em Centro de Hemodiálise após vencer Covid-19 Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram