Acorda Cidade - Dilton Coutinho

30 de Outubro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 30/04/2020 09h29.

Artistas de Feira de Santana recebem cestas básicas

O Grupo Boticário vai doar mais cestas básicas nos meses de maio e junho.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Artistas de Feira de Santana recebem cestas básicas
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Rachel Pinto

Foram entregues na tarde de quarta-feira (29), na Praça CEU, no bairro Cidade Nova em Feira de Santana cerca de cem cestas básicas para artistas feirenses. A ação foi protagonizada pelo cantor e compositor Carlos Pitta e financiada pela empresária Ozana Barreto, responsável pelo Grupo Boticário na cidade.

Os artistas contemplados com as cestas passaram por um cadastro prévio e são aqueles que estão em situação emergencial. Devido a pandemia do coronavírus (Covid-19) e suspensão de shows e eventos, a maioria que tem a arte como única fonte de renda, está passando por dificuldades financeiras.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

O forrozeiro Zé Araújo foi um dos artistas contemplados com a cesta básica. Ele contou ao Acorda Cidade que é sanfoneiro há mais de 50 anos e está parado, sem poder se apresentar em eventos. Essa pausa nas apresentações motivada pelo coronavírus, trouxe reflexos econômicos e atualmente ele está contando com ajuda de familiares e amigos para suprir as despesas.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“O mundo e o Brasil pararam por causa do coronavírus. É uma situação muito difícil, principalmente para os artistas menores que não estão na mídia. É um momento de tristeza e sofrimento. A gente fica muito grato ao cantor Carlos Pitta, o produtor Toinho Campos e a empresária Ozana Barreto do Grupo Boticário em nos dar essa força. O que eu faço é tocar e cantar e eu estou agora cantando e tocando dentro de casa para a minha família. Eu tenho 62 anos, sou sanfoneiro, desde os 4 anos de idade e tenho fé em Deus que tudo vai passar e tudo ficará bem”, comentou.

O cantor Jorge de Angélica também recebeu a cesta básica e contou que também tem fé que a pandemia vai passar. Ele considerou o momento como muito difícil e pediu para que as pessoas não desistam e continuem acreditando que tudo vai passar.

Jorge declarou que está contando com a ajuda de familiares e da esposa para pagar as despesas, além da providência divina.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Ainda não está faltando alimento porque Deus nos abençoa. Tenho a ajuda dos familiares, da minha companheira e de Deus. Agora também desse grupo de artistas que está nos fortalecendo. Estou com 61 anos de idade e 40 anos de música. Eu não desisto. A luta continua. Pedimos a Deus que essa pandemia tão infeliz passe e a gente possa voltar a alegrar a humanidade e a comunidade com a nossa música”, afirmou.

A empresária Ozana Barreto, relatou que decidiu abraçar a causa da doação das cestas básicas, após conversar com o amigo Carlos Pitta e segundo ela, abraçou com o coração e como forma de devolver o sucesso e o reconhecimento que o Grupo Boticário tem na cidade.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Quando Carlos Pitta me trouxe toda a situação dos artistas populares de Feira de Santana, que eu tanto amo, prezo, que desde pequena eu vejo na rua, quem faz a alegria da cidade, quem dá colorido, eu pensei na necessidade das pessoas, na pandemia, no número de pessoas acometidas com esse vírus, no número de mortos, no número de pessoas que poderão ainda ser vítimas. Esses arititas vivem do que tecem e é um dinheiro pouco. Essa ação é uma forma de devolver a minha cidade tudo que ela me deu. Somos uma empresa próspera, que deu certo, os clientes são fieis e agora é momento de devolver  não é momento de pensar em lucro”, salientou ao Acorda Cidade.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

A empresária se comprometeu a doar mais cestas básicas nos meses de maio e junho.

O cantor e compositor Carlos Pitta estava muito feliz com a doação das cestas básicas. Ele agradeceu a Deus e a Ozana Barreto pela ajuda aos companheiros artistas.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Eu tive a iniciativa de procurá-la , usar do meu prestígio pessoal com ela e da minha trajetória como artista para beneficiar meus colegas. Poder ajudar aqueles que estão na estrada junto comigo. Deus conspirou ao nosso favor e é muita alegria saber que eles terão comida na mesa”, finalizou.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Confira o número de casos de covid-19 em Feira de Santana por bairros
Veja a relação

Confira o número de casos de covid-19 em Feira de Santana por bairros

Sim, Tomba e Mangabeira continuam entre os bairros com o maior de casos de covid-19 em Feira de Santana.

Floristas não têm muitas expectativas para vendas no Dia de Finados
Feira de Santana

Floristas não têm muitas expectativas para vendas no Dia de Finados

Com a pandemia, eles estão apostando na venda de suculentas e flores para jardim.

Santa Casa divulga protocolo para visita ao Cemitério Piedade no Dia de Finados
Dia de Finados

Santa Casa divulga protocolo para visita ao Cemitério Piedade no Dia de Finados

Este ano não haverá missa no cemitério e os fiéis devem consultar a programação da paróquia do seu bair...

Vídeo

Chefe da Zona Eleitoral 156 do Tribunal Regional Eleitoral, orienta eleitores para o dia da votação Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram