Acorda Cidade - Dilton Coutinho

03 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 09/04/2020 16h10.

Pesca solidária retira quase 400 quilos de peixes no Parque da Lagoa

Sete entidades serão beneficiadas com os peixes.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Pesca solidária retira quase 400 quilos de peixes no Parque da Lagoa
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Ney Silva e Rachel Pinto

O Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira no bairro Baraúnas em Feira de Santana ficou movimentado na manhã desta quinta-feira (9) com a realização da 3ª edição da pesca solidária. O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e consiste na pescaria de peixes para instituições sociais. Para realizar a pesca foram convidados 20 pescadores, além da equipe da secretaria.

O motorista Wesley dos Santos participou da pesca pela primeira vez e contou que ficou honrado em participar da ação social.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Foi a minha primeira vez pescando aqui e pra mim foi muito bom. Acabei de chegar o pesquei um peixe tilápia de quase 1,5kg”, disse.

O prefeito Colbert Martins da Silva afirmou que a pesca solidária desse ano aconteceu com o parque fechado em decorrência das orientações do isolamento social para a prevenção do contágio pelo coronavírus e contou com um número menor de pescadores. O grupo manteve a distância e na opinião de Colbert, ainda que possa ter pescado uma quantidade menor de peixes com relação aos anos anteriores, cumpriu seu objetivo solidário e o pescado chegará à mesa de quem mais precisa.

“Vamos distribuir o produto dessa pesca as instituições e esperamos que seja muito bom para que as pessoas sejam alimentadas. A Secretaria de Meio Ambiente coordenou essa ação e com muito respeito a criação de peixes do parque”, observou.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

O secretário de meio ambiente Arcênio Oliveira contou detalhes de como é feita a pesca solidária.
Na opinião dele, a ação é uma data significativa e uma oportunidade de exercer a solidariedade. Ele informou que entre os pescadores, algumas pessoas são do distrito de Ipuaçú e a pesca solidária é totalmente espontânea.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Nessa situação de pandemia muitas entidades estão passando por dificuldades para preparar os alimentos. O pescado será uma forma de amenizar. Alguns pescadores que participaram já nos acompanham desde a primeira edição e tem boa vontade em ajudar”, ressaltou.

Pescador experiente há mais de 30 anos, o chefe de educação ambiental da prefeitura João Dias comentou sobre o valor nutricional do peixe. Para ele, o peixe é o alimento mais saudável do planeta e seus nutrientes são muito importantes para a saúde.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Na própria bíblia diz que Jesus alimentou as pessoas com o peixe in natura e o pão artesanal. Peixe é um alimento bom para a insônia. Contém selênio que previne câncer de próstata. O índice de câncer de próstata entre pescadores é muito baixo. O peixe tem sódio que ajuda a regular as glândulas da tireoide e o peixe de água salgada é rico em ômega 3. O de água doce tem ômega seis e é importante que as pessoas possam consumir os dois tipos”, explicou.

Sete entidades serão beneficiadas com os peixes. Associação de Apoio a Pessoa com Câncer (AAPC), Associação Feirense de Assistência Social (Afas), Lar do Irmão Velho, Orfanato Evangélico, Centro Social Monsenhor Jessé e também uma comunidade carente do distrito de Jaguara. Cerca de 400 quilos de peixe foram retirados do Parque da Lagoa.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dez bairros concentram quase 40% dos casos de Covid-19 em Feira de Santana
Veja relação de bairros

Dez bairros concentram quase 40% dos casos de Covid-19 em Feira de Santana

Entre os bairros com mais casos estão o SIM, Tomba e Jardim Cruzeiro.

Fechar uma cidade com mais de 30 entradas e saídas não é tão simples, diz Colbert sobre sugestão de lockdown
Boletim

Fechar uma cidade com mais de 30 entradas e saídas não é tão simples, diz Colbert sobre sugestão de lockdown

O prefeito disse ainda que precisa de reforço para aumentar os bloqueios dos bairros, que já está sendo rea...

Nível de isolamento social em Feira continua abaixo de 50%
Feira de Santana

Nível de isolamento social em Feira continua abaixo de 50%

Os gráficos mostram que o município só consegue chegar ao mínimo admitido nos finais de semana.

Vídeo

Entregadores de apps de Feira de Santana aderem a greve nacional e reivindicam melhores condições de trabalho Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram