Acorda Cidade - Dilton Coutinho

04 de Junho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 13/03/2020 13h16.

Mais de 20 eventos até junho não terão apoio da prefeitura e podem ser adiados

Entre os eventos esportivos que não terão o apoio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer estão, inclusive, as corridas.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Mais de 20 eventos até junho não terão apoio da prefeitura e podem ser adiados
Foto: Ascom/PMFS

Andrea Trindade

O Secretário de Cultura, Esporte e Lazer Edson Borges informou que, ao menos, 21 eventos marcados para acontecer até o mês de junho não receberão apoio da prefeitura, conforme determina o decreto do prefeito, que adiou a realização da Micareta de Feira, que chegaria a sua 83ª (octogésima terceira) edição entre os dias 23 e 26 de abril deste ano. O adiamento não só da Micareta, mas também de eventos festivos, e o cancelamento de apoio a outras festas na cidade por serem de grandes aglomerações de pessoas, foi motivado por conta do risco de contaminação do Coronavírus. A cidade já tem três casos confirmados.

“Estou aqui com a relação de 21 eventos de massa, eventos públicos, até o mês de junho. Destes 21 eventos apenas dois são da prefeitura, a Micareta e eventos esportivos, os demais são eventos que a prefeitura dá apoio. Pelo decreto, qualquer tipo de apoio a eventos que resultem aglomeração, até nova decisão do prefeito, que tenham apoio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer não terão mais esse apoio” explicou o secretário.

Leia também: 

Micareta de Feira 2020 é adiada por tempo indeterminado

Hospital Clériston Andrade poderá suspender cirurgias eletivas por causa do coronavírus

Confira o decreto aqui

Eventos esportivos

A prefeitura poderá recomendar a diretoria de clubes que façam os jogos a portas fechadas. Inclusive, no próximo dia 22, o Fluminense de Feira vai enfrentar, no Estádio Joia da Princesa, a Jacuipense, pela 8° Rodada Campeonato Baiano 2020.

“O jogo vai acontecer, mas pelo que eu entendi o prefeito vai chamar a diretoria dos dois clubes para vê se faz, pelo menos, um jogo sem público como está acontecendo em vários lugares do mundo”, informou o secretário.

Os eventos esportivos realizados pela prefeitura serão adiados.

“Os nossos eventos esportivos amadores nós vamos adiar. Vamos readequar as tabelas porque seria uma imprudência e também temos que obedecer ao decreto do prefeito."

Entre os eventos esportivos que não terão o apoio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer também estão, as corridas.

Eventos privados

Sobre os eventos privados como casamentos, aniversários e formaturas, a prefeitura não pode intervir, mas o recomendado é evitar qualquer evento com grande aglomeração.

Domingo de Ramos e outros

Sobre os eventos religiosos, o prefeito Colbert disse ao Acorda Cidade que não pode proibir por serem de responsabilidades das igrejas e informou que a arquidiocese de Salvador suspendeu uma caminhada.

“Nós não podemos proibir um evento desses. Nós vamos ter reuniões agora sobre essas atividades religiosas para que as pessoas tomem o cuidado necessário para evitar riscos de transmissão. A prefeitura que não vai patrocinar e nem participar de nenhum tipo de atividade e então a prefeitura não vai ceder mais som, banheiro químico, por exemplo, e não vai ter uma participação em algo que nós entendemos que juntando pessoas, a condição de transmissibilidade do vírus aumenta. Da parte da prefeitura, nós não vamos participar desses eventos, o mais é recomendação de que as pessoas possam evitar isso”, ressaltou declarando que os três casos confirmados na cidade foram suficientes para que essa decisão fosse tomada.

Cachês das atrações

O Secretário Edson Borges afirmou que até agora os gastos que a prefeitura teve com a Micareta foram com a divulgação da festa e que nenhum artista recebeu pagamento antecipado.

“Nenhum cachê da Micareta foi antecipado. Temos vários contratos assinados. Eu diria que 50% dos contratos já estão assinados, mas como se trata de interesse público e de preservar a integridade física da população, evidentemente que todos vão entender que os contratos serão cancelados imediatamente sem prejuízos. Vou enviar e-mails explicando a situação, é um decreto do prefeito, que tem todo o direito e dever de cancelar. Salvador também está suspendendo tudo. O único dinheiro que a prefeitura gastou foi com a divulgação da micareta em Salvador”, disse o secretário informando também que existe a possibilidade, caso o vírus esteja controlado e seja realmente seguro, de a micareta acontecer em agosto ou em setembro deste ano.

Leia também: Empresários concordam com adiamento da Micareta 2020 mesmo com prejuízos

Com informações dos repórteres Paulo José e Ed Santos
  

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Licitação internacional para iluminação pública de Feira está marcada para o dia 14 de agosto
Feira de Santana

Licitação internacional para iluminação pública de Feira está marcada para o dia 14 de agosto

A concessão inclui o desenvolvimento, modernização, expansão, eficientização energética, operação e m...

Feirenses adotam animais abandonados e enfrentam a pandemia com mais esperança e amor
Feira de Santana

Feirenses adotam animais abandonados e enfrentam a pandemia com mais esperança e amor

A maioria das pessoas está preferindo adotar animais adultos.

Homem desabafa sobre situação de família com 11 infectados com covid-19
Feira de Santana

Homem desabafa sobre situação de família com 11 infectados com covid-19

Ele relatou ao Acorda Cidade que encontrou muita dificuldade para ter assistência da Secretaria Municipal de ...

Vídeo

Manifestantes protestam contra o fechamento do comércio em frente a Hospital de Campanha e pedem informações sobre obra Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram