Acorda Cidade - Dilton Coutinho

26 de Setembro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 13/02/2020 16h53.

A pedido da União, Fux adia julgamento de ações contra tabela do frete

Ele marcou outra reunião entre as partes para 10 de março, às 12h, em seu gabinete.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
A pedido da União, Fux adia julgamento de ações contra tabela do frete
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje (13) adiar mais uma vez o julgamento das ações que questionam a constitucionalidade do tabelamento do frete rodoviário. Ele marcou outra reunião entre as partes para 10 de março, às 12h, em seu gabinete. Fux atendeu a um pedido do governo feito pelo advogado-geral da União, André Mendonça, que solicitou a realização de mais uma audiência no gabinete do ministro como “última tentativa de buscar-se a conciliação” entre governo, caminhoneiros e empresários. Marcado para a manhã da próxima quarta-feira (19), o julgamento das três ações sobre o assunto deve agora ser retirado da pauta pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli. Fux não indicou uma nova data para que o assunto volte para a agenda do plenário do Supremo. A análise do tema é uma das mais aguardadas pelos agentes econômicos, por ter impacto nos custos das mais diversas cadeias produtivas. Trata-se do segundo pedido de adiamento feito pelo governo. O tabelamento do frete estava previsto para ser julgado em setembro do ano passado, quando Fux, que é o relator do tema no Supremo, atendeu a um primeiro pedido do AGU para que a análise do assunto fosse adiada. Leia mais na Agência Brasil.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF
Brasil

Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF

Ministro deve deixar a Corte no dia 13 de outubro

'Bolsonaro apresenta ótima evolução clínica', diz equipe médica
Brasil

'Bolsonaro apresenta ótima evolução clínica', diz equipe médica

Presidente fez cirurgia para retirada de cálculo na bexiga.

Justiça eleitoral é favorável a José Ronaldo em acusação de propaganda eleitoral antecipada
Eleições 2020

Justiça eleitoral é favorável a José Ronaldo em acusação de propaganda eleitoral antecipada

'O Ministério Público opinou pelo desacolhimento da pretensão autoral'

Vídeo

Trabalhadores do setor de eventos realizam ato pacífico no centro da cidade para pedir retorno das atividades Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram