Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • PMFS CORONAVIRUS
  • SECOM CLERISTON
  • SECOM CLERISTON
04 de Abril de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Brasil

Todas as notícias
Publicado em 13/02/2020 16h23.

Mais de 500 mil pessoas saíram da inadimplência em dezembro, revela Serasa Experian

63,3 milhões de brasileiros têm dívidas atrasadas, queda de quase 1% com relação ao mês anterior; representatividade de Bancos e Cartões também reduziu.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade 

São Paulo, 13 de fevereiro de 2020 – O mês de dezembro de 2019 teve uma redução de mais de 500 mil pessoas do quadro de inadimplentes no Brasil. Foram registrados 63,3 milhões de brasileiros com contas em atraso, o que representa 40,5% da população adulta do país, ante os 63,8 milhões de devedores em novembro do mesmo ano. Com relação a dezembro/18, houve crescimento de 1,3%, a menor variação anual de 2019.

A expectativa para 2020 é que haja melhora na economia, com estabilização e eventual redução da inadimplência. “78% dos brasileiros acreditam o Cadastro Positivo irá facilitar o acesso a crédito, já que o sistema passa a incluir todo o histórico de bons pagamentos da pessoa. Este movimento influencia positivamente o consumo e movimentará a economia”, comenta o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Contas em atraso com Bancos e Cartões apresentam queda

A representatividade dos Bancos e Cartões no montante de dívidas caiu 0,3 ponto percentual em dezembro com relação a novembro de 2019, chegando a 27,8%. Este é o segmento com o maior volume de pendências financeiras, seguido por Utilities, Varejo, Serviços e Telecom. Confira no gráfico: 

Apenas quatro Estados registram aumento na população inadimplente

O Amazonas teve o maior aumento da população adulta inadimplente entre dezembro/18 e dezembro/19, com variação de 5,3 pontos percentuais – atualmente, 55% daqueles acima de 18 anos no Estado estão com contas atrasadas e negativadas. Na sequência aparece Mato Grosso, cuja alta foi de 3,5 p.p no mesmo período, fazendo com que a localidade fosse a quarta maior na representatividade dos inadimplentes entre os adultos (47,9%). Amapá e Roraima estão em segundo e terceiro lugar, respectivamente, com números acima da média nacional, que é de 40,5%. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Brasil

Ministério corrige data e agora informa que caso de Covid-19 ocorrido em janeiro foi em 25 de março

Governo federal havia dito que primeiro caso de morte decorrente do novo coronavírus no país tinha sido de u...

Dimensão da pandemia no Brasil será percebida nas próximas semanas
Brasil

Dimensão da pandemia no Brasil será percebida nas próximas semanas

Diretor do Butantan afirma que país está no começo da epidemia

Brasil

Governo fará cadastro de entidades para acolher população de rua

A ação ocorrerá por meio do Programa Pátria Voluntária

Vídeo

Prefeito Colbert Martins confirma prorrogação de fechamento do comércio Veja mais Vídeos ›

Podcast

Paciente de SP diz que contraiu Covid-19 em Feira de Santana e faz desabafo
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram