Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM CLERISTON
  • Thaiane Pinheiro
30 de Março de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Política

Todas as notícias
Publicado em 13/02/2020 07h20.

Congresso mantém vetos em sessão conjunta sobre PL que concede isenção do imposto

Dois vetos ficaram para próxima sessão da Casa.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Congresso mantém vetos em sessão conjunta sobre PL que concede isenção do imposto
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Acorda Cidade

Em sessão do Congresso Nacional, o Senado Federal manteve na quarta-feira (12), por 30 votos a 22, o veto total ao Projeto de Lei (PL) 8.322/14, que concedia isenção do imposto sobre importação para diversos equipamentos e componentes de geração elétrica de fonte solar. Para que um veto seja derrubado, é necessária maioria absoluta em ambas as Casas. Dessa forma, a matéria não foi votada pela Câmara dos Deputados.

Em novembro do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro vetou integralmente o projeto de lei que isentava do Imposto de Importação (II) os equipamentos e componentes de geração elétrica de fonte solar sem similar nacional. Na ocasião, o governo federal alegou que a isenção não estava acompanhada de medidas de compensação para evitar impacto sobre a meta fiscal do governo, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Na mesma sessão, o Congresso manteve o veto de Bolsonaro ao PL 11/2004, que previa a interceptação e análise de correspondência de presos, remetida ou recebida, para fins de investigação criminal ou de instrução processual penal. O PL foi vetado na íntegra pelo presidente, sob a justificativa de gerar insegurança jurídica e “agravar a crise penitenciária no país”.

O Congresso analisava um outro veto, sobre um projeto que autoriza a constituição de sociedade de garantia solidária e de sociedade de contragarantia. Por falta de quórum, a votação foi cancelada e será feita na próxima sessão conjunta, prevista para ocorrer após o carnaval.

Estava prevista ainda a apreciação de vetos à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), mas o item foi retirado de pauta após acordo realizado em plenário.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Twitter apaga publicações de Jair Bolsonaro por violarem regras da rede
Brasil

Twitter apaga publicações de Jair Bolsonaro por violarem regras da rede

Twitter diz que 'expandiu regras para abranger conteúdos que forem eventualmente contra informações de saú...

Senado vota hoje (30) auxílio de R$ 600 para autônomos e informais
Brasil

Senado vota hoje (30) auxílio de R$ 600 para autônomos e informais

Sessão remota está prevista para as 16h.

Guedes diz que, como cidadão, prefere isolamento
Política

Guedes diz que, como cidadão, prefere isolamento

Para ministro, economia não suporta mais de dois meses estagnada.

Vídeo

Prefeito Colbert Martins confirma prorrogação de fechamento do comércio Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta segunda-feira 30.03:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram