Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
  • Novo Glériston
27 de Fevereiro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 12/02/2020 16h47.

Coordenador de endemias explica trabalho feito em locais com muitas notificações de dengue

O coordenador Edilson Matos disse ainda que os trabalhos de combate a dengue estão intensos nos distritos de Jaguara, Bonfim de Feira, Ipuaçu e nos bairros Serraria Brasil, Brasília, Cidade Nova, Eucalipto e Lagoa Salgada.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Coordenador de endemias explica trabalho feito em locais com muitas notificações de dengue
Foto: Secom/Arquivo

Acorda Cidade

O vereador Luiz da Feira denunciou na Câmara Municipal um surto de dengue no distrito de Bonfim de Feira, em Feira de Santana. Segundo ele, inúmeros moradores estão acometidos pela doença. O Acorda Cidade ouviu o coordenador de endemias do município, Edilson Matos, que confirmou que existem muitos casos suspeitos no distrito.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade 

“Ainda não há resultados positivos, por enquanto ainda não chegou nenhum resultado, mas temos muitos casos suspeitos. Essas suspeitas são levadas para a Vigilância Epidemiológica, que espera os resultados para comprovar se realmente é dengue. Até o momento ainda não temos esses resultados”, frisou.

Segundo o coordenador, as equipes estão trabalhando no distrito de Bonfim de Feira desde o mês janeiro. Ele informou que tem duas agentes fazendo o trabalho de combate diariamente, além da parceria com a secretaria municipal de Serviços Públicos para a limpeza no distrito.

“Já fizemos o trabalho perifocal, com a bomba tipo o fumacê, realizados o Bota Fora. Os agentes de endemias trabalham sem parar, mas volto a frisar que o morador também precisa fazer a parte dele e redobrar os cuidados”, disse.

Um dos fatores que atrapalham o trabalho contra o mosquito da dengue, conforme disse Edilson Matos, é a falta de água. Ele explica que a população armazena a água em um local que não é adequado, contribuindo para a proliferação do mosquito.

O coordenador Edilson Matos disse ainda que os trabalhos de combate a dengue estão intensos nos distritos de Jaguara, Bonfim de Feira, Ipuaçu e nos bairros Serraria Brasil, Brasília, Cidade Nova, Eucalipto e Lagoa Salgada. Ele destacou que o trabalho é feito através e um roteiro, que é programado conforme as notificações.

Com relação às reclamações referentes a muriçocas, ele destacou que muitos locais de Feira de Santana ainda não tem saneamento básico, além de a população jogar lixo nos canais contribuindo para a reprodução das muriçocas, se reproduzem mais em locais com sujeira.

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Saúde, informou, através de nota, que “o distrito se encontra em surto, visto que foram registrados 24 casos suspeitos de dengue somente no início do ano de 2020, mais da metade dos casos suspeitos registrados durante todo o ano passado - foram 45 em 2019”.

A nota diz ainda que ações de prevenção ao mosquito Aedes Aegypti estão sendo realizadas no distrito de Bonfim de Feira desde o início de janeiro, quando surgiram as primeiras notificações de casos suspeitos de dengue.

“Na última sexta-feira (7), através de uma parceria entre a Secretaria de Serviços Públicos, profissionais da Unidade de Saúde da Família do distrito e técnicos da Vigilância Epidemiológica, um Bota Fora foi realizado na comunidade juntamente como a equipe técnica de endemias que tem realizado o trabalho perifocal, bloqueio e aplicação do fumacê na região desde o início de janeiro. Profissionais do setor de Educação em Saúde tem orientado os moradores a respeito da água parada. A região enfrenta dificuldades no abastecimento de água e o armazenamento inadequado pode gerar condições favoráveis proliferação do mosquito”, diz a nota.

A prefeitura informa ainda que “o município se encontra em alerta aos casos notificados de dengue e chikungunya, e conta com a colaboração da população na higiene de tonéis e reservatórios de água que possam se tornar criadouros”.

As informações são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Caso suspeito de coronavírus está sendo investigado em Feira; secretaria ainda vai se posicionar
Feira de Santana

Caso suspeito de coronavírus está sendo investigado em Feira; secretaria ainda vai se posicionar

Uma pessoa ligada a Vigilância Epidemiológica (Viep) confirmou o caso suspeito, mas disse que não tinha aut...

Campanha de Fraternidade reflete sobre a importância da compaixão e cuidado com o próximo
Feira de Santana

Campanha de Fraternidade reflete sobre a importância da compaixão e cuidado com o próximo

A Quaresma que se inicia é o momento que prepara os cristãos para a Páscoa e ressurreição de Cristo.

Feira de Santana

Homem morre afogado em lagoa no distrito de Humildes

Corpo foi identificado por familiares.

Vídeo

Funcionários terceirizados do Fórum Filinto Bastos paralisam as atividades Veja mais Vídeos ›

Podcast

Corpo encontrado em Feira de Santana com sinais de tortura é de Policial Militar
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram