Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
  • SECOM
26 de Fevereiro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 12/12/2019 14h15.

Medicação com substância extraída da maconha para tratar doenças já está sendo prescrita em Feira de Santana

Octavio Guarçoni informou ainda que hoje em dia um tratamento com canabidiol pode variar entre 400 a 1000 reais por mês e destacou que as substâncias são usadas para tratamento de várias doenças como depressão, ansiedade e Parkinson.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Medicação com substância extraída da maconha para tratar doenças já está sendo prescrita em Feira de Santana
Foto: Ney Silva / Acorda Cidade | Médico Octavio Guarçoni

Daniela Cardoso e Ney Silva

A regulamentação de produtos a base de cannabis no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na última semana. A decisão, que vai entrar em vigor em 90 dias após a publicação, vai permitir a venda de produtos feitos com cannabis, nome científico da maconha, para uso medicinal, em farmácias mediante prescrição médica.

O médico Octavio Guarçoni, que é especialista em dermatologia, medicina integrativa e modulação hormonal, destaca que essa decisão está sendo muito importante.

"Temos uma dificuldade grande para usar essa substância, pois hoje em dia a gente precisa fazer um relatório, uma prescrição médica, junta com os documentos do paciente, monta um processo, manda pra Anvisa e tem que esperar uma liberação de autorização que pode demorar de dois até quatro meses para sair. Quando a liberação sai, o paciente pode importar essas sustâncias e normalmente paga em dólar”, explicou.

De acordo com o médico, com a nova resolução, algumas empresas de medicamentos do Brasil vão poder importar a matéria prima e produzir aqui no país.

“Desse modo, as pessoas vão poder achar o canabidiol e o THC nos balcões da farmácia, lógico, com prescrição médica. Isso vai baratear e facilitar o processo para conseguir usar essas substâncias”, destacou.

Octavio Guarçoni informou ainda que hoje em dia um tratamento com canabidiol pode variar entre 400 a 1.000 reais por mês e destacou que as substâncias são usadas para tratamento de várias doenças como depressão, ansiedade e Parkinson, além de auxiliar no tratamento para convulsões e dores crônicas. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Que produtos de limpeza matam o coronavírus?
Saúde

Que produtos de limpeza matam o coronavírus?

Novo vírus que causa o Covid-19 é facilmente morto por produtos desinfetantes, como álcool e água sanitár...

Secretário de Saúde descarta caso suspeito de coronavírus em bebê internado em Itabuna
Bahia

Secretário de Saúde descarta caso suspeito de coronavírus em bebê internado em Itabuna

Fábio Vilas-Boas, usou o Twitter para divulgar a informação.

Brasil confirma primeiro caso de novo coronavírus
Brasil

Brasil confirma primeiro caso de novo coronavírus

O caso estava sendo investigado pelo Ministério da Saúde, em conjunto com as secretarias estadual e municipa...

Vídeo

Funcionários terceirizados do Fórum Filinto Bastos paralisam as atividades Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta sexta-feira 21.02:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram