Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
11 de Novembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Bahia

Todas as notícias
Publicado em 08/11/2019 09h10.

Parque Nacional de Abrolhos é reaberto para visitação

Anúncio da reabertura foi feito na quinta-feira (7). Chefe da unidade confirmou nesta sexta que parque já está aberto, esperando a chegada dos visitantes.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Parque Nacional de Abrolhos é reaberto para visitação
Foto: Rede Globo

Acorda Cidade

Foi reaberto para visitações, na manhã desta sexta-feira (8), o Parque Nacional Marinho de Abrolhos, localizado na região sul da Bahia. A informação foi confirmada por Fernando Repinaldo Filho, chefe da unidade.

Ainda segundo ele, os primeiros passeios estão previstos para chegar ao local por volta das 8h.

A visitação ao local estava suspensa desde o dia 3 de novembro. Um dia após as manchas atingirem a região.

A previsão de reabertura do parque era o dia 14 de novembro, entretanto, na quinta-feira (7), Repinaldo informou que os fragmentos de óleo encontrados em todas as ilhas reduziram-se a poucas gramas e que não foi encontrada nenhuma quantidade significativa no mar na região do Arquipélago dos Abrolhos. Por isso a reabertura foi antecipada.

Ainda de acordo com Repinaldo, também não foi constatado nenhum impacto negativo direto à fauna e flora no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Com isso, a partir desta sexta, fica autorizada a realização do serviço de visitação embarcada, mergulho autônomo e trilhas no Arquipélago dos Abrolhos.

Inicialmente, a direção do parque anunciou suspensão da visitação pelo período por três dias.

Nesta última terça-feira (5), no entanto, foi anunciada a prorrogação da suspensão das visitas até o dia 14. A decisão, segundo ele, tinha sido tomada para "garantir o máximo empenho das equipes envolvidas nos esforços de prevenção, controle e remoção do óleo, bem como a necessidade de minimizar ao máximo riscos à saúde de visitantes".

A direção do parque informou que a suspensão da visitação levou em consideração a confirmação da chegada, no dia 2 de novembro, de resíduos no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, com subsequente chegada de fragmentos do petróleo nas ilhas Redonda e Siriba, bem como constatação de fragmentos em alguns pontos no mar, ainda que em quantidades pequenas e esparsas.

Diz que a decisão também levou em conta o fato de que a limpeza dos ambientes afetados exigia grande esforço e mobilização de toda equipe do ICMBio, voluntários e militares mobilizados no Arquipélago dos Abrolhos, restrita aos horários de marés baixas.

As manchas de óleo começaram a chegar à Bahia em 3 de outubro, quase um mês após o início do problema no país. Ao menos 30 cidades baianas e o Parque Nacional de Abrolhos já foram atingidos. O Governo do Estado decretou situação de emergência.

Os pequenos fragmentos de óleo foram detectados em Abrolhos – berço de baleias-jubarte e de espécies raras de corais foram confirmados pela Marinha no dia 2 de novembro. Por causa disso, a visitação a Abrolhos foi suspensa por três dias.

Desde o início da semana, quando praias de municípios próximos foram contaminadas, pescadores realizavam uma força-tarefa para impedir que o petróleo chegasse a essa região, porém a ação não impediu o problema.

Fonte: G1

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Supercomputador mais potente do país é inaugurado no Cimatec em Salvador
Bahia

Supercomputador mais potente do país é inaugurado no Cimatec em Salvador

Seu poder de processamento permitirá acelerar a tomada de decisões, visando solucionar problemas complexos c...

Óleo volta a aparecer em Maraú após retirada de 16 toneladas da substância
Bahia

Óleo volta a aparecer em Maraú após retirada de 16 toneladas da substância

Substâncias foram registradas na praia de Bombaça, localizada no distrito de Barra Grande.

Bahia

TRT5-BA reconhece vínculo de emprego entre manicure e salão por ausência de contrato de parceria

Os desembargadores que compõem a Turma viram exceção desta norma já que não foi firmado um contrato escri...

Vídeo

Jornalista Augusto Nunes dá tapa na cara de Glenn Greenwald Veja mais Vídeos ›

Podcast

Quadro Cá Entre Nós - 09.11
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram