Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
13 de Novembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Mundo

Todas as notícias
Publicado em 05/11/2019 08h28.

Criminosos matam mulheres, crianças e bebês americanos em emboscada no México

Foram ao menos cinco mortos, de acordo com as agências de notícias, mas jornais mexicanos divulgam que há 12 vítimas, sendo que 9 são crianças.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Criminosos matam mulheres, crianças e bebês americanos em emboscada no México
Foto: Reprodução/Twitter/Imagem de carro queimado no norte do México

Acorda Cidade

No norte do México, criminosos atacaram um comboio de três carros que levava uma família de mórmons dos Estados Unidos na segunda-feira (4). Ao menos cinco pessoas morreram, mas o número deve ser mais alto –ainda há desaparecidos.

Já há relatos de mais vítimas: foram nove (três mulheres e seis crianças), de acordo com o “New York Times”, e a mídia mexicana publicou que são três mulheres e nove crianças. Há buscas para encontrar sobreviventes do ataque.

O nome da família de americanos é LeBarón. Eles vivem em uma comunidade mórmon fundamentalista na região da fronteira entre os dois países há décadas. Membros da família são ativistas anticrime, e fazem campanha contra grupos criminosos que atuam nos estados de Sonora e Chihuahua.

Eles viajavam em três carros utilitários quando foram atacados –de acordo com a Associated Press, os criminosos podem ter confundido a identidade dos passageiros.

Segundo o “New York Times”, os sobreviventes descreveram que uma criança foi atingida quando escapava, e outras estavam presas dentro de um carro em chamas.

Ao menos duas das vítimas tinham menos de um ano.

O crime aconteceu no estado de Sonora, no norte do México. A família vive em uma comunidade chamada La Mora, nesse estado.

Em uma entrevista do “New York Times”, Julian LeBarón, primo das três mulheres que conduziam os carros, disse que a viagem era entre esses dois estados.

Rhonita, uma das vítimas, teve que parar porque seu carro quebrou, e os criminosos atiraram contra ela e queimaram seu carro, de acordo com o relato de Julian feito ao “New York Times”.

Morreram quatro filhos dela: um menino de 11 anos, uma menina de 9 anos e dois gêmeos de menos de um ano.

Os dois outros carros foram atacados cerca de 13 quilômetros adiante. Duas outras mulheres morreram, segundo Julian LeBáron, assim como uma garota de 6 anos e um de 4 anos.

De acordo com um texto publicado por Jhon LeBarón em uma rede social, eram 17 pessoas que viajavam. Além dos nove que foram mortos, seis ficaram feridos e dois não sofreram agressões físicas.

Esse não é o primeiro caso em que um membro da família LeBarón é assassinado no México: em 2009, Benjamin LeBarón, que era um ativista anticrime, foi assassinado no estado vizinho, Chihuahua.

Violência no México

Outros episódios de violência aconteceram nos últimos meses no país.

No dia 14 de outubro, 14 policiais morreram em uma emboscada na região de Michoacan, no oeste do país, uma região que há anos enfrenta problemas por causa das disputas entre cartéis de traficantes de drogas.

No dia seguinte, no sul do país, houve uma operação que terminou com 15 mortos.

Três dias mais tarde, a polícia tentou prender um dos filhos do traficante “El Chapo”, mas criminosos da cidade de Culiacán atacaram forças de segurança e aterrorizaram os moradores até que soltassem o detido.

Fonte: G1
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Brasil e China firmam acordos em áreas como política, comércio e saúde
Política

Brasil e China firmam acordos em áreas como política, comércio e saúde

Bolsonaro se reuniu hoje com presidente Xi Jiping em Brasília.

Internacional

Senadora da oposição declara-se presidente da Bolívia

Como segunda vice-presidente da Casa, Jeanine Añez entendeu que cabía a ela assumir o posto deixado vago por...

Internacional

Arábia Saudita habilita oito novos frigoríficos brasileiros

A autorização é voltada para a exportação de carne bovina.

Vídeo

I Feirão da Casa do Trabalhador atrai centenas de candidatos e gera tumulto Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta quarta-feira 13.11:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram