Acorda Cidade - Dilton Coutinho

06 de Junho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Mundo

Todas as notícias
Publicado em 25/10/2019 11h11.

Governo condena o assassinato do dirigente partidário venezuelano

Itamaraty considera o crime "brutal" e pede investigação
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Agência Brasil - O governo brasileiro condenou hoje (25) o assassinato de Edmundo Rada, dirigente do partido Voluntad Popular e ex-vereador do munícipio de Sucre, na Venezuela, informou hoje (25) o Itamaraty.

Em nota, o Itamaraty chamou de "brutal" o assassinato e afirmou que, "à luz dos fortes indícios de motivações políticas do crime contra a vida de Edmundo Rada e de tantos outros líderes venezuelanos, o governo brasileiro insta a que sejam investigados os crimes políticos praticados naquele país e punidos os culpados".

De acordo com o Itamaraty, as violações a direitos políticos na Venezuela têm sido amplamente registradas pelos órgãos internacionais de supervisão de direitos humanos. "O assassinato de Edmundo Rada comprova, de maneira trágica, a necessidade de constante participação dos organismos multilaterais nas investigações de violações a direitos humanos na Venezuela", diz. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia
Mundo

EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia

Verba ajudará no combate ao novo coronavírus.

Mundo

EUA proíbem entrada de viajantes que passaram pelo Brasil

Medida entra em vigor no dia 29 de maio.

Mundo

Maioria da população não tem anticorpos contra covid-19

A declaração é do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom

Vídeo

Coletiva sobre ações da prefeitura para preservação do meio ambiente Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram