Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
14 de Novembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Ciência e Tecnologia

Todas as notícias
Publicado em 24/10/2019 12h52.

Apple é a marca mais valiosa de 2019; veja o top 100

A marca mais bem colocada que não tem relação com tecnologia é a Coca-Cola,
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Apple é a marca mais valiosa de 2019; veja o top 100
Foto: Reprodução/Agência Rádio Mais

Acorda Cidade

A Interbrand divulgou na semana passada o ranking das 100 marcas mais valiosas do mundo. Pelo 7º ano seguido, a Apple aparece em primeiro lugar, avaliada em US$ 234 bilhões. Em seguida, vêm Google (US$ 167 bi), Amazon (US$ 125 bi) e Microsoft (US$ 109 bi). Essas quatro empresas tiveram valorização entre 8% e 24% nos últimos 12 meses.

A marca mais bem colocada que não tem relação com tecnologia é a Coca-Cola, que aparece na quinta posição, avaliada em US$ 63 bilhões, e registrou desvalorização de 4% no último ano.  Perceba que o ranking da Interbrand leva em consideração apenas a avaliação da marca. Não leva em consideração, portanto, nenhum outro ativo.

O destaque deste ano foi a Disney, 10ª colocada. Pela primeira vez, ela aparece no top-10. Em 2012, a Disney era avaliada em US$ 27,4 bilhões e hoje vale US$ 44,3 bi. Em um ano, valorizou 11%, passando à frente de empresas como IBM, Intel, SAP e Facebook.


1. Apple: US$ 234 bilhões
2. Google: US$ 167 bilhões
3. Amazon: US$ 125 bilhões
4. Microsoft: US$ 108 bilhões
5. Coca-Cola: US$ 63 bilhões
6. Samsung: US$ 61 bilhões
7. Toyota: US$ 56 bilhões
8. Mercedes-Benz: US$ 50 bilhões
9. McDonald’s: US$ 45 bilhões
10. Disney: US$ 44 bilhões
11. BMW: US$ 41 bilhões
12. IBM: US$ 40 bilhões
13. Intel: US$ 40 bilhões
14. Facebook: US$ 39 bilhões
15. Cisco: US$ 35 bilhões
16. Nike: US$ 32 bilhões
17. Louis Vuitton: US$ 32 bilhões
18. Oracle: US$ 26 bilhões
19. GE: US$ 25 bilhões
20. SAP: US$ 25 bilhões
21. Honda: US$ 24 bilhões
22. Chanel: US$ 22 bilhões
23. American Express: US$ 21 bilhões
24. Pepsi: US$ 20 bilhões
25. J.P. Morgan: US$ 19 bilhões
26. IKEA: US$ 18 bilhões
27. UPS: US$ 18 bilhões
28. Hermès: US$ 17 bilhões
29. Zara: US$ 17 bilhões
30. H&M: US$ 16 bilhões
31. Accenture: US$ 16 bilhões
32. Budweiser: US$ 16 bilhões
33. Gucci: US$ 15 bilhões
34. Pampers: US$ 15 bilhões
35. Ford: US$ 14 bilhões
36. Hyundai: US$ 14 bilhões
37. Gillette: US$ 13 bilhões
38. NESCAFÉ: US$ 13 bilhões
39. Adobe: US$ 12 bilhões
40. Volkswagen: US$ 12 bilhões
41. Citi: US$ 12 bilhões
42. Audi: US$ 12 bilhões
43. Allianz: US$ 12 bilhões
44. eBay: US$ 12 bilhões
45. adidas: US$ 11 bilhões
46. AXA: US$ 11 bilhões
47. HSBC: US$ 11 bilhões
48. Starbucks: US$ 11 bilhões
49. Philips: US$ 11 bilhões
50. Porsche: US$ 11 bilhões
51. L’Oréal: US$ 11 bilhões
52. Nissan: US$ 11 bilhões
53. Goldman Sachs: US$ 11 bilhões
54. HP: US$ 10 bilhões
55. Visa: US$ 10 bilhões
56. Sony: US$ 10 bilhões
57. Kellogg’s: US$ 10 bilhões
58. Siemens: US$ 10 bilhões
59. Danone: US$ 9 bilhões
60. Nestlé: US$ 9 bilhões
61. Canon: US$ 9 bilhões
62. Mastercard: US$ 9 bilhões
63. Dell: US$ 9 bilhões
64. 3M: US$ 9 bilhões
65. Netflix: US$ 8 bilhões
66. Colgate: US$ 8 bilhões
67. Banco Santander: US$ 8 bilhões
68. Cartier: US$ 8 bilhões
69. Morgan Stanley: US$ 8 bilhões
70. Salesforce.com: US$ 8 bilhões
71. Hewlett Packard Enterprise: US$ 7 bilhões
72. PayPal: US$ 7 bilhões
73. FedEx: US$ 6 bilhões
74. Huawei: US$ 6 bilhões
75. LEGO: US$ 6 bilhões
76. Caterpillar: US$ 6 bilhões
77. Ferrari: US$ 6 bilhões
78. Kia: US$ 6 bilhões
79. Corona: US$ 6 bilhões
80. Jack Daniel’s: US$ 6 bilhões
81. Panasonic: US$ 6 bilhões
82. Dior: US$ 6 bilhões
83. DHL: US$ 5 bilhões
84. John Deere: US$ 5 bilhões
85. Land Rover: US$ 5 bilhões
86. Johnson & Johnson: US$ 5 bilhões
87. Uber: US$ 5 bilhões
88. Heineken: US$ 5 bilhões
89. Nintendo: US$ 5 bilhões
90. MINI: US$ 5 bilhões
91. Discovery: US$ 5 bilhões
92. Spotify: US$ 5 bilhões
93. KFC: US$ 5 bilhões
94. Tiffany & Co.: US$ 5 bilhões
95. Hennessy: US$ 5 bilhões
96. Burberry: US$ 5 bilhões
97. Shell: US$ 5 bilhões
98. LinkedIn: US$ 4 bilhões
99. Harley-Davidson: US$ 4 bilhões
100. Prada: US$ 4 bilhões
 

Fonte: Dino

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Senado aprova acordo que permite uso da base de Alcântara pelos Estados Unidos
Brasil

Senado aprova acordo que permite uso da base de Alcântara pelos Estados Unidos

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) apresentou relatório favorável ao acordo com os Estados Unidos.

Pesquisadores baianos desenvolvem estudo para degradar petróleo
Ciência e Tecnologia

Pesquisadores baianos desenvolvem estudo para degradar petróleo

Devido aos recentes acontecimentos com o óleo encontrado nas praias do Nordeste, os pesquisadores decidiram t...

Astronomia

Passagem de Mercúrio em frente ao Sol cria mini eclipse

Fenômeno só voltará a ocorrer em 2032.

Vídeo

I Feirão da Casa do Trabalhador atrai centenas de candidatos e gera tumulto Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta quarta-feira 13.11:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram