Acorda Cidade - Dilton Coutinho

22 de Janeiro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 15/09/2019 13h02.

Anvisa recebe contribuições para monitorar produtos para implantes

O objetivo da iniciativa é criar um painel eletrônico que permita a pesquisa de órteses e próteses e a comparação de preços dos itens disponíveis no mercado.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Anvisa recebe contribuições para monitorar produtos para implantes
Foto: Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebe contribuições até dia 13 de outubro sobre uma proposta de monitoramento e divulgação de preços de materiais usados em implantes. O objetivo da iniciativa é criar um painel eletrônico que permita a pesquisa de órteses e próteses e a comparação de preços dos itens disponíveis no mercado.

A agência disponibilizou em seu site uma tomada pública de subsídios, mecanismo de consulta aberto ao público para coletar sugestões por meio de um formulário eletrônico. As contribuições recebidas vão ajudar no processo de discussão e elaboração da futura norma sobre o tema.

Segundo a Anvisa, nessa plataforma de informações que deverá ser criada o usuário poderá selecionar o perfil do artigo de interesse e verificar as opções existentes, com detalhes técnicos que hoje não estão organizados em um único lugar. As fontes de informações serão os dados de compras públicas e de importação de órteses, próteses e materiais especiais.

“Como resultado, espera-se dar mais transparência aos dados, facilitar a compreensão sobre a grande variedade de tipos disponíveis e ajudar na compra desses artigos. Outro foco é melhorar a relação custo-benefício para o governo e pacientes, bem como reduzir a disparidade de informações, especialmente em relação aos valores de comercialização praticados no mercado”, informa a agência reguladora.

As discussões para resolver as distorções nos preços praticados no mercado de implantes médicos começaram após a divulgação das denúncias da Máfia das Próteses, esquemas fraudulentos relacionados a compras e utilização de órteses e próteses que vieram à tona em 2015.

“À medida que a gente oferece para o mercado informações que auxiliem no processo de tomada de decisão, seja dos compradores, seja dos usuários, isso vai inibindo práticas fraudulentas. Os gestores públicos terão um referencial de informações que ajudarão nas negociações e processos de licitação”, disse a gerente-geral de Regulamentação e Boas Práticas Regulatórias da Anvisa, Gabrielle Troncoso, que apresentou o estudo preliminar sobre a proposta em um evento no Interlegis, em Brasília, nesta semana.

O presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (Abimed), Carlos Alberto Goulart, lembrou que o estudo atende à determinação do Tribunal de Contas da União (TCU) para que a Anvisa encontre uma solução para resolver o problema das informações assimétricas desse mercado e possibilite a comparação de preços entre produtos similares. “A palavra transparência aqui é fundamental. À medida que você tem transparência de tudo o que acontece nessa cadeia de fornecimento, as coisas se resolvem”, disse.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Saúde

Ministério confirma morte por febre hemorrágica em São Paulo

Paciente foi contaminado por vírus não registrado no país há 20 anos.

Cientistas descobrem célula que poderá tratar todos os tipos de câncer
Saúde

Cientistas descobrem célula que poderá tratar todos os tipos de câncer

Descoberta foi publicada na revista científica Nature Immunology

Adolescente diabético aguarda regulação para o HGCA há cinco dias
Saúde

Adolescente diabético aguarda regulação para o HGCA há cinco dias

Até o momento não houve nenhum posicionamento quanto a disponibilidade de vaga no HGCA.

Vídeo

Enfermeira sequestrada em shopping de Feira de Santana é encontrada em Salvador Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 21.01:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram