Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
17 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 11/09/2019 07h04.

TSE mantém cassação do mandato de Rosinha Garotinho

A decisão também manteve a inelegibilidade dos dois políticos por oito anos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
TSE mantém cassação do mandato de Rosinha Garotinho
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, na sessão de ontem (10), a cassação dos mandatos de Rosinha Garotinho e de Francisco de Oliveira, ex-prefeita e ex-vice-prefeito de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, em 2012, pela prática de abuso de poder político e uso indevido de meios de comunicação na campanha eleitoral. A decisão também manteve a inelegibilidade dos dois políticos por oito anos. Os ministros do TSE negaram três recursos propostos por Rosinha e Francisco contra as sanções aplicadas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). Eles votaram ainda pelo provimento de recurso apresentado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).Acompanharam, na íntegra, o voto do relator Herman Benjamin, os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin e a presidente do tribunal, ministra Rosa Weber.

Em seu voto, Herman Benjamin, ao rejeitar os recursos interpostos por Rosinha e Francisco, endossou a decisão do TRE do Rio, que constatou abusos no desvirtuamento da propaganda institucional do município, veiculada no site da prefeitura de Campos. De acordo com o MPE, a publicidade institucional teria propagado obras feitas pela administração municipal como se fossem realizações pessoais de Rosinha, com o único objetivo de promover a reeleição ao cargo.O relator também votou pelo provimento do recurso do Ministério Público Eleitoral. Na ação, o MPE acusou os dirigentes municipais de contratarem 1.166 funcionários temporários para a prefeitura em julho de 2012, ou seja, em período vedado pela legislação eleitoral. O TRE-RJ havia rejeitado a investigação judicial eleitoral do MPE sobre essa questão, por considerar que as contratações teriam ocorrido em data não proibida pela legislação. As informações são da Agência Brasil.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Vereador diz que regras para Título de Cidadão Feirense estão sendo descumpridas
Câmara Municipal

Vereador diz que regras para Título de Cidadão Feirense estão sendo descumpridas

Um dos exemplos citados por Carlito foi a aprovação do Titulo de Cidadão Feirense ao presidente Jair Bolson...

Governador vai anunciar banca de concurso da PM no #PapoCorreria
Política

Governador vai anunciar banca de concurso da PM no #PapoCorreria

Além de assistir pelo Instagram, Facebook ou Youtube, os internautas podem participar da live enviando pergun...

Edson Borges diz que ideia de levar festejos juninos para o Parque de Exposições está mantida
Feira de Santana

Edson Borges diz que ideia de levar festejos juninos para o Parque de Exposições está mantida

Ele ressalta, entretanto, que a mudança não acaba com a festa nos distritos.

Vídeo

Motocicleta é furtada próximo a Shopping em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Terça-Feira 17.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram