Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
16 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 09/09/2019 16h14.

Hospital do Hapvida realiza primeira cirurgia cerebral com paciente acordado

No último mês de agosto, a equipe de neurocirurgia do Hospital Ilha do Leite, do Hapvida, realizou, pela primeira vez, um procedimento cirúrgico diferente do método tradicional.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Hospital do Hapvida realiza primeira cirurgia cerebral com paciente acordado
Foto: Reprodução

Acorda Cidade

Conhecido como “awake craniotomy”, o procedimento foi realizado no Hospital Ilha do Leite em Recife, além de apresentar resultados positivos em relação ao tempo de recuperação, permite que o cirurgião tenha a localização em tempo real de regiões funcionais do cérebro

No último mês de agosto, a equipe de neurocirurgia do Hospital Ilha do Leite, do Hapvida, realizou, pela primeira vez, um procedimento cirúrgico diferente do método tradicional. Conhecida entre os especialistas como “awake craniotomy”, a cirurgia é realizada com o paciente acordado, o que permite que o cirurgião tenha a localização em tempo real de regiões funcionais do cérebro, perceber os sinais e, ainda, a preservação destas regiões.

A neurocirurgiã Maria da Penha Mendes Mariz, foi a profissional do Hapvida que esteve à frente da equipe que realizou o processo, ela conta que o procedimento é indicado para tumores cerebrais em áreas eloquentes, que correspondem às regiões motora, sensitiva e de linguagem. De acordo com a médica, o paciente ficou completamente lúcido durante o processo. “O paciente tinha um tumor em área de linguagem. Realizamos a cirurgia no dia 21 de agosto de 2019, e foi feita a ressecção completa da lesão, ou seja, a remoção completa do tumor”, afirma Maria da Penha. “O paciente realizou a ressonância durante o procedimento cirúrgico. Completamente consciente, ele conversou, leu e chegou até a fazer cálculos enquanto a cirurgia ocorria”, complementa a neurocirurgiã.

O tumor de Iraguassu Dantas, de 19 anos, paciente do Hapvida que realizou a cirurgia, estava causando crises convulsivas de difícil controle. Desde os seus oito anos, quando realizou a biópsia, vinha sendo medicado para controlar o problema. No entanto, segundo a neurocirurgiã Maria da Penha, a medicação que ele estava tomando, além de não resolver o problema, vinha comprometendo o aprendizado de jovem. Rosineide Dantas, mãe de Iraguassu, conta que o filho teve uma recuperação muito boa e rápida. “Ele está ótimo, já está falando! A recuperação foi realmente muito rápida”, conta a mãe. Para Iraguassu, o mais importante foi resolver o problema. “Eu lembro de todo o procedimento. Conversei, Li… E o melhor de tudo foi conseguir resolver as crises de convulsão. Eu tinha crises todos os dias, e agora não tenho mais”, comemora Iraguassu.

A técnica da cirurgia com o paciente acordado apresenta bons resultados em relação ao tempo de internação, retorno às atividades cotidianas e o controle das recidivas tumorais. Iraguassu teve alta uma semana após o procedimento. “ Iraguassu apresentou uma rápida recuperação e não apresenta nenhum distúrbio de linguagem. Também está controlando as crises convulsivas. O período de uma semana foi apenas para que pudéssemos monitorar as crises convulsivas que ele tinha diariamente e que hoje não tem mais”, complementa Maria da Penha.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Saúde

Pesquisadores demonstram beneficios do lítio para idosos com Alzheimer

Experimentos foram feitos em células humanas e de camundongos

Anvisa recebe contribuições para monitorar produtos para implantes
Saúde

Anvisa recebe contribuições para monitorar produtos para implantes

O objetivo da iniciativa é criar um painel eletrônico que permita a pesquisa de órteses e próteses e a com...

Aparelho portável facilita exames na retina
Saúde

Aparelho portável facilita exames na retina

O retinógrafo permite fazer o ‘upload’ (enviar informação para um computador remoto) da imagem para uma ...

Vídeo

Semana Espírita reúne centenas de pessoas em Feira Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 13.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram