Acorda Cidade - Dilton Coutinho

14 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Concursos

Todas as notícias
Publicado em 07/09/2019 17h45.

Concursados da Guarda Municipal reclamam da falta de pagamento da bolsa auxílio

O secretário Pablo Roberto disse que o prefeito Colbert Martins Filho já autorizou a contratação dos 50 guardas e que o pagamento da bolsa auxílio deve ser regularizado na próxima semana.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Concursados da Guarda Municipal reclamam da falta de pagamento da bolsa auxílio
Foto: Reprodução

Daniela Cardoso e Ney Silva

Os concursados da Guarda Municipal de Feira de Santana estão reclamando da prefeitura sobre a demora em pagar a bolsa auxílio. Eles também estão reclamando sobre a nomeação de apenas 50 guardas municipais. Iago Carvalho é um dos que se diz prejudicado com essa situação.

“Fizemos o concurso, passamos pelas etapas, fizemos um curso de formação com duração de 30 dias e nesse curso deveria ter sido pago uma bolsa auxílio. Muitos saíram dos seus empregos, estão desempregados e até o momento a prefeitura não pagou. Além disso, tivemos a informação de que só seriam nomeados de imediato 50 candidatos. Porém tivemos acesso a lei que rege o estatuto da Guarda Municipal de Feira e tivemos a informação de que a prefeitura convocaria para curso de formação conforme necessidade e disponibilidade de cargos vagos. Hoje a prefeitura necessitaria de cerca de 400 guardas e só tem 150 ativos, então a gente supriria essa necessidade”, afirmou.

Segundo Iago Carvalho, são 162 pais e mães de família desempregados no momento, pois tiveram que deixar o emprego para fazer o curso de formação. Ele diz ainda que a prefeitura os convocou para curso de formação e segundo o prefeito, seriam 50 nomeados, sendo o restante para cadastro de reversa. Porém, ele afirma que não existe cadastro reserva, segundo a lei, depois da convocação de curso de formação.

“Eram oito horas de curso e nós não podíamos faltar, então em busca de estabilidade, muitos decidiram sair do emprego para entrar no curso, confiando nessa bolsa auxílio no valor de um salário mínimo para se manter durante o período do curso”, declarou.

Ele disse ainda que a prefeitura informou aos candidatos que o pagamento seria feito na segunda, após o fim do curso, porém Igor relata que já se passaram mais de 30 dias e até agora nada foi resolvido.

Ao Acorda Cidade, o secretário de Desenvolvimento Social, que responde pela Secretaria de Prevenção a Violência, Pablo Roberto, disse que o prefeito Colbert Martins Filho já autorizou a contratação dos 50 guardas e que o pagamento da bolsa auxílio deve ser regularizado na próxima semana.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Concurso

Saeb e Polícia Militar publicam resultado da prova de títulos para oficial de saúde

Publicação corresponde à terceira etapa do certame

Câmara prorroga validade de concurso, mas lei federal só permite nomeação em 2022
Concursos

Câmara prorroga validade de concurso, mas lei federal só permite nomeação em 2022

A previsão da nomeação era para o mês de março.

Sesab realiza processo seletivo simplificado para contratação de 30 técnicos de nível superior
Processo seletivo

Sesab realiza processo seletivo simplificado para contratação de 30 técnicos de nível superior

O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado da Bahia desta terça-feira (4) e há vagas reservadas par...

Vídeo

Estudante de escola pública é aprovada em doutorado em Portugal e precisa de ajuda para custear o curso Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram