Acorda Cidade - Dilton Coutinho

10 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Política

Todas as notícias
Publicado em 02/09/2019 13h06.

Secretário Marcio Felix pede demissão do Ministério de Minas e Energia

Em resposta, o ministro Bento Albuquerque agradeceu e reconheceu os serviços prestados pelo secretário.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Secretário Marcio Felix pede demissão do Ministério de Minas e Energia
Foto: Sérgio Lima/ Poder360

Acorda Cidade

Agência Brasil - O secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, do Ministério de Minas e Energia, Marcio Felix Carvalho Bezerra, pediu demissão e foi exonerado hoje (2) do cargo. A portaria de exoneração está publicada no Diário Oficial da União.

Em sua carta de demissão ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, Felix disse que a saída se dá “por razões estritamente pessoais” e que está “concluindo um ciclo muito gratificante” da vida profissional. “Gostaria de reiterar meu integral apoio ao programa de trabalho do Ministério sob sua liderança. E também, de me colocar a disposição, como cidadão brasileiro e técnico da área, para continuar ajudando a fazer acontecer as políticas públicas relacionadas a biocombustíveis, gás e petróleo”, diz a carta.

Em resposta, o ministro Bento Albuquerque agradeceu e reconheceu os serviços prestados pelo secretário. “No desempenho dos importantes cargos, soube lidar, muito bem, com o dilema diário de identificar prioridades e de atribuir velocidade a questões primordiais para o desenvolvimento sustentável do país, conciliando demandas; levando, a excelentes termos, eventuais divergências; e superando desafios, razões pelas quais suas 'Impressões Digitais' podem ser percebidas nos diversos setores por onde labutou”, escreveu.

Felix exerceu o cargo de secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis no período de 22 de julho de 2016 a 13 de abril de 2018, quando assumiu a Secretaria-Executiva do ministério, até 1º de janeiro de 2019. No início da gestão do presidente Jair Bolsonaro foi convidado a permanecer no ministério, de volta na Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro e pequenas empresas
Brasil

Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro e pequenas empresas

O anúncio foi feito durante live nas redes sociais

Requerimentos que cobram informações sobre o combate à covid-19 são reprovados na Câmara de Feira de Santana
Feira de Santana

Requerimentos que cobram informações sobre o combate à covid-19 são reprovados na Câmara de Feira de Santana

O vereador Roberto Tourinho apresentou dois requerimentos cobrando esclarecimentos da prefeitura sobre as aç...

Vídeo

Maternidade Santa Emília Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram