Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  •  Reserva Lumiere
  •  Reserva Lumiere
23 de Agosto de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Brasil

Todas as notícias
Publicado em 14/08/2019 19h07.

Polícia indicia dois filhos de Flordelis pelo assassinato do marido

Crime ocorreu em 16 de junho.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Polícia indicia dois filhos de Flordelis pelo assassinato do marido
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou dois filhos da deputada federal Flordelis dos Santos pelo assassinato de seu marido, pastor Anderson do Carmo de Souza. A titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, Bárbara Lomba, pediu ainda a prisão preventiva dos dois, que já estão presos desde 20 de junho.

Ao entregar o inquérito ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, a delegacia especializada pediu que Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza respondam pelo crime de homicídio qualificado.

A delegada titular da delegacia especializada desmembrou as investigações e dará início agora à segunda fase do inquérito, para identificar possíveis coautores do crime.

Anderson foi assassinado a tiros em 16 de junho, logo após ter chegado em casa, na cidade de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Foram encontradas 30 perfurações de balas em seu corpo e seu aparelho celular desapareceu no dia do crime.

A defesa de Lucas Cezar dos Santos de Souza disse à Agência Brasil que seu cliente é inocente e que provas colhidas na investigação mostram que ele saiu da casa antes do crime. "Os elementos colhidos na investigação denotam a não participação do Lucas. Ele esteve na casa, porém saiu muito antes da suposta execução", disse o advogado Victor Viana.

Já a defesa de Flávio criticou a condução das investigações e disse que não teve acesso ao inquérito, nem a depoimentos de seu cliente, que foram prestados sem a presença de um advogado. "Nos traz um alívio que seja remetido ao Judiciário. Sabemos que vamos poder desempenhar o nosso papel com mais lisura, efetividade e mais respeito por parte do Judiciário", disse o advogado Maurício Mayr, acrescentando que a defesa pretende contestar provas e inquirir testemunhas.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Manifestantes vão às ruas em defesa da Amazônia
Brasil

Manifestantes vão às ruas em defesa da Amazônia

No fim da tarde de hoje, o presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que autoriza o emprego das Forças Armada...

Brasil

Acre decreta emergência por causa de seca e incêndios florestais

A situação também ameaça o sistema de abastecimento de água para a população.

Jorge Aragão passa mal e é internado no Rio de Janeiro
Brasil

Jorge Aragão passa mal e é internado no Rio de Janeiro

Cantor foi levado ao hospital na madrugada desta sexta-feira (23)

Vídeo

Veja vídeo em 3D de como ficará o Centro de Educação, no prédio do FTC Veja mais Vídeos ›

Podcast

CDL realiza entrega dos prêmios da campanha Liquida Feira 2019
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram