Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Gov BA modelo de gestão
  • Gov BA modelo de gestão
23 de Agosto de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 12/08/2019 15h51.

Projetos mantidos pelo Instituto Ayrton Senna transformam a vida de estudantes em Feira de Santana

Essa parceria teve um grande impacto na vida das irmãs Veronica, hoje com 12 anos e Isabela, 11
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Projetos mantidos pelo Instituto Ayrton Senna transformam a vida de estudantes em Feira de Santana
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

As irmãs Verônica e Isabela aprenderam a ler acompanhando a mãe Girleide pelos lixões e ruas de Feira de Santana. A mãe recolhia embalagens, revistas, latinhas e ensinava para elas as letras, as sílabas e as palavras. Elas entraram na escola com idade avançada e enfrentaram diversos desafios, que começaram a ser superados a partir dos projetos ‘Se Liga’ e ‘Acelera Brasil’, ambos mantidos pelo Instituto Ayrton Senna (IAS) em escolas públicas da Bahia. As iniciativas são voltadas à alfabetização e aceleração do aprendizado dos estudantes baianos e já beneficiaram mais de 46 mil estudantes em Feira de Santana, cerca de 378 mil crianças em todo o estado.

Com a chegada de mais um McDia Feliz, que esse ano acontece no dia 24 de agosto, a Arcos Dorados, maior franquia do McDonald's no mundo, renova o compromisso em apoiar os projetos. A partir de 2018, o McDia Feliz ampliou seu impacto social e passou a beneficiar também a educação. Desde então, mais de R$ 24 milhões do total arrecadado durante o McDia Feliz foram doados ao Instituto Ayrton Senna e ao Instituto Ronald McDonald.

Essa parceria teve um grande impacto na vida das irmãs Veronica, hoje com 12 anos e Isabela, 11. Elas vivem com a mãe Girleide, o pai e o irmão em uma casa a beira do rio Jacuípe, no distrito de Ipuaçu, zona rural de Feira de Santana. A mãe Girleide é catadora de produtos recicláveis e, há cinco anos, cria os filhos com a renda adquirida da venda dos recicláveis. Atualmente, o desejo das meninas é avançar para o 6º ano do Ensino Fundamental.

Os projetos que beneficiam as irmãs são aplicados na Escola Municipal Maria de Lourdes Almeida Machado, onde atua a professora do Acelera Brasil, Mildred Gomes: “As crianças vêm de situações complicadas. A questão social delas é muito dura, uma realidade difícil. Mas eu fui encontrando um caminho para o desenvolvimento de cada uma e foi dando certo. A estratégia que eu usei foi transformar as aulas em mais dinâmicas. Eu busco formas de me renovar e me dá mais vontade de fazer quando eu vejo o resultado positivo nas crianças”, relata.

Sobre os projetos

Por meio do apoio às Secretarias de Educação, no campo da gestão e da formação integral de educadores, o Acelera Brasil promove a recuperação da aprendizagem de alunos com distorção idade-série matriculados do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. Ao participarem da proposta, os alunos aprendem o suficiente para saltar até dois anos escolares, ao mesmo tempo em que resgatam sua autoestima e desenvolvem outros aspectos socioemocionais.

Já o Se Liga surgiu em função da necessidade de atender uma grande parcela de alunos com distorção idade-série que cursavam a solução educacional Acelera Brasil, mas não conseguiam acompanhar o programa pois não sabiam ler e escrever. A partir disso, consagrou-se como um programa de alfabetização que leva às escolas uma dinâmica escolar pautada na educação integral do aluno, na qual ele é estimulado não apenas em suas capacidades cognitivas, mas também nas habilidades socioemocionais. Em 2009, o MEC incluiu o Se Liga no Guia de Tecnologias Educacionais, uma seleção de programas inovadores que promovem educação de qualidade nas diversas etapas da educação básica.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Defesa Civil espera, até terça, posição sobre escoramento do Edifício Sarkis
Feira de Santana

Defesa Civil espera, até terça, posição sobre escoramento do Edifício Sarkis

Ainda não há previsão para apresentação de um relatório final sobre a situação estrutural do prédio.

Paralisação na Sustentare: Prefeitura adota medidas judiciais e articula plano B para garantir a coleta de lixo
Feira de Santana

Paralisação na Sustentare: Prefeitura adota medidas judiciais e articula plano B para garantir a coleta de lixo

A Sustentare já foi notificada pela Prefeitura, para que busque resolver imediatamente a situação com os se...

Unidade médica cria 'banco de perucas' para mulheres que passam por tratamento contra câncer
Feira de Santana

Unidade médica cria 'banco de perucas' para mulheres que passam por tratamento contra câncer

Espaço que incentiva a melhora na autoestima conta com apenas cinco perucas, e unidade diz que está precisan...

Vídeo

Veja vídeo em 3D de como ficará o Centro de Educação, no prédio do FTC Veja mais Vídeos ›

Podcast

CDL realiza entrega dos prêmios da campanha Liquida Feira 2019
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram