Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Gov BA modelo de gestão
  • Gov BA modelo de gestão
24 de Agosto de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Ciência e Tecnologia

Todas as notícias
Publicado em 12/08/2019 14h51.

É possível confiar na precisão dos tradutores online?

Avanço da inteligência artificial equiparou as traduções em alguns aspectos, mas elas ainda estão longe de substituir a tradução humana.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
É possível confiar na precisão dos tradutores online?
Crédito: divulgação

Acorda Cidade

Um dos principais sonhos dos profissionais que trabalham com inteligência artificial é equiparar com perfeição as traduções feitas por um computador às traduções humanas. De fato, as ferramentas online gratuitas já atingiram um bom nível de acerto, mas a linguagem ainda é um desafio para quem trabalha com os algoritmos, dada as particularidades, diferentes variações, contextos e regionalismos.

Os tradutores online possuem um vasto vocabulário e lidam bem com a norma culta. O maior gargalo está em termos específicos de algum determinado contexto ou área de atuação. Também não conseguem interpretar de forma satisfatória alguns regionalismos, sinônimos e expressões linguísticas, principalmente quando o bloco de texto é muito extenso. Dessa forma, as ferramentas cumprem o papel de ajudar o usuário a entender de forma simplificada aquele conteúdo, não abrindo espaço para interpretações mais profundas e detalhistas.

Como os tradutores automáticos também se baseiam em uma grande oferta de dados para aprender com erros e acertos, há uma dificuldade maior em traduzir de ou para idiomas dos quais há menos conteúdo na internet, como o vietnamita, por exemplo. Línguas com uma forma particular de apresentação, que não utilizam letras, também ficam prejudicadas, como no caso do chinês. Apesar disso, o avanço da inteligência artificial colabora para uma maior assertividade nesse tipo de tradução.

Em março do ano passado, a Microsoft anunciou que o tradutor de chinês para inglês da companhia poderia decodificar um texto tão bem quanto um tradutor-intérprete humano faria. A empresa testou a ferramenta em 2 mil frases retiradas de um banco de jornais online e comparou os resultados com traduções feitas por humanos.

Quem também obteve avanços neste campo de atuação foi o Google Tradutor. Até 2016, a ferramenta operava com base no algoritmo PBMT (Phrase-Based Machine Translation), responsável por quebrar blocos de textos em palavras ou frases. Esse sistema, no entanto, tinha limitações, como reconhecia a própria empresa. Ele traduzia de forma mais satisfatória textos retirados de notícias do que textos provenientes de livros de ficção, por exemplo. No final de 2016, contudo, a empresa lançava um novo método de tradução, a partir de algoritmos de redes neurais.

Apesar de todos os avanços, os especialistas são unânimes em dizer que as ferramentas gratuitas de tradução funcionam apenas para usuários mais leigos e que queiram absorver algum conteúdo, sem objetivos profissionais. Eles possuem bons resultados em textos generalistas e podem ser um importante recurso para usuários comuns. Ferramentas pagas e de uso exclusivo costumam se aproximar ainda mais das traduções humanas, mas mesmo nesse caso passam por uma revisão humana e funcionam com áreas específicas de atuação. Para objetivos mais profissionais, como no caso de uma tradução juramentada e de documentos, o mais indicado é contar com um profissional capacitado para esse trabalho.  

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Olimpíada brasileira de robótica acontece neste final de semana em Salvador
Bahia

Olimpíada brasileira de robótica acontece neste final de semana em Salvador

A competição recebe 53 equipes do interior, as maiores delegações são das regiões sudoeste e este baiano

JS Day movimenta a tecnologia um dia inteiro no campus da FTC
Educação

JS Day movimenta a tecnologia um dia inteiro no campus da FTC

O evento que reuniu estudantes, professores e curiosos sobre o desenvolvimento tecnológico FTC Feira de Santa...

Tecnologia

Microsoft muda políticas de privacidade para monitorar áudios

A nova redação das políticas de privacidade da Microsoft agora admite que ela usa pessoas no processamento ...

Vídeo

Veja vídeo em 3D de como ficará o Centro de Educação, no prédio do FTC Veja mais Vídeos ›

Podcast

CDL realiza entrega dos prêmios da campanha Liquida Feira 2019
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram