Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  •  Reserva Lumiere
  • Gov BA modelo de gestão
23 de Agosto de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 29/07/2019 09h48.

Religião dá dinheiro?

Não me cabe fazer juízo, nem de um, nem de outro. É certo que os dois representam o pensamento de muitos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Há alguns dias, ouvi de um professor, aparentemente culto, esta frase: “Religião não dá dinheiro”. Em contrapartida, outro, afirmava categoricamente: “Estou convencido de que religião dá muito dinheiro”. Não me cabe fazer juízo, nem de um, nem de outro. É certo que os dois representam o pensamento de muitos.

UM “MISSIONÁRIO” explicava aos fiéis que Deus tem riquezas infinitas e não precisa do nosso dinheiro, mas as suas obras sim. Ele esclareceu: de tudo o que vocês ganham 10% são de Deus. E provocava: vocês querem roubar dinheiro de Deus? Em seguida, quis testar o grupo: quem tem 10 reais para as obras de Deus? Muitos tinham e entregaram. Quem de vocês está guardando dinheiro para comprar remédios? Dêem esse dinheiro a Deus e Ele curará, sem medicamentos.

O DINHEIRO tem a tendência de se tornar o valor absoluto, derivando para a ganância, a avareza e a injustiça. O sábio indiano Mathma Gandhi constatava: o mundo tem recursos suficientes para atender as necessidades de todas as pessoas, mas não tem o suficiente para satisfazer a ganância de poucos.

POSSUIR dinheiro e bens materiais que favoreçam a família e a sociedade a viverem com qualidade de vida, é uma benção divina. Deus quer essa bênção para todos. Procurar adquirir bens, com o trabalho honesto ou outros meios legítimos, a fim de proporcionar à família conforto digno, boa qualidade de vida, saúde, instrução, férias... é legítimo, louvável e abençoado por Deus. Uma pessoa de fé rezava: “Senhor, não te peço muito. Dai-me, apenas, o suficiente e um coração agradecido”.

SERÁ QUE a religião dá muito dinheiro? Para os mal-intencionados, a boa fé das pessoas pode ser um grande campo de exploração. Se alguém funda uma “religião”, não significa que o faça em nome da fé, mas, é provável que geralmente, o faça movido por interesses econômicos. Nesse tipo de visão, a religião passa a ser um negócio que enriquece alguns e empobrece a muitos que são enganados por promessas de cura, dinheiro, casa, carro e prosperidade...

FAZ PENSAR um uma história narrada na Bíblia. Havia um homem rico, cada vez mais rico. Pensou em aumentar as colheitas e celeiros. Com isso teria o suficiente para viver muito bem por longos e longos anos. Mas Deus lhe disse: “Insensato, nesta mesma noite vais morrer” (Lc 12,8). O Evangelho relata que Judas vendeu o Mestre por trinta moedas de prata (Mt 25,15).

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Artigo

Meus fracassos

Muitas vezes, a pessoa não identifica ninguém como culpado dos seus fracassos, mas cria a hipótese de que e...

Artigo

Antes – Durante – Depois

No Brasil, são mais de 140 mil divórcios por ano.

Artigo

O desafio de ser pai

Não sei como se chama, sei apenas que um filho enviou esta carta a seu pai.

Vídeo

Veja vídeo em 3D de como ficará o Centro de Educação, no prédio do FTC Veja mais Vídeos ›

Podcast

CDL realiza entrega dos prêmios da campanha Liquida Feira 2019
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram