Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
16 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Mundo do trabalho

Todas as notícias
Publicado em 16/07/2019 08h47.

Mentir no currículo é crime?

Entenda como faltar com a verdade no currículo pode prejudicar sua carreira
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Mentir no currículo é crime?
Foto: Divulgação

Gabriele Silva

O medo de não conseguir a tão sonhada vaga leva muitos profissionais a mentir no currículo. A medida desesperada pode parecer, inicialmente, inofensiva. No entanto, pode acarretar diversos problemas ao longo do tempo, até mesmo envolvendo a Justiça. Mesmo não tendo uma lei estabelecendo que mentir no currículo é crime, a descobertas de divergências de informações no documento pode prejudicar a imagem do profissional e ainda resultar em demissão por justa causa.
Mentir no currículo e a justa causa

Em 2013, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara de Deputados rejeitou um projeto de lei que tinha como proposta tipificar como crime a falsificação de currículos. A justificativa utilizada é falsificação de currículo poder ser enquadrada no artigo 298 do Código Penal, que prevê reclusão, de um a cinco anos, para quem falsificar documento particular.

Nos últimos anos, decisões recentes da Justiça sobre mentiras no currículo têm dado parecer favorável a demissão do funcionário por justa causa quando são identificadas informações falsas sobre conclusão do ensino médio, por exemplo.

Mesmo quando não há uma falsificação direta de documento, como é o caso do ensino médio, exagerar nas informações do currículo ou passar dados que não condizem com a realidade, como o tempo de experiência, pode acarretar problemas para o profissional. Caso consiga o cargo, em algum momento, será cobrado conforme as descrições em seu currículo. As empresas verificam escolaridade do funcionário e outros dados, por isso mentir sobre a experiência profissional ou tempo de trabalho pode ser prejudicial à sua carreira.

Currículo sem experiência profissional

Especialmente os recém-formados têm dificuldade para elaborar um bom currículo. A insegurança de competir com profissionais mais experientes pode levar o candidato a inventar cargos, experiências ou até mesmo qualificações em seu currículo. Para evitar enfrentar problemas posteriormente, uma dica é criar um currículo de recém-formado para profissionais sem experiência que impressione os recrutadores e auxilie na busca pela vaga desejada. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Saiba quais as carreiras mais promissoras até 2020
Mundo do trabalho

Saiba quais as carreiras mais promissoras até 2020

Área da saúde é o grande destaque, impulsionada pela preocupação com um estilo de vida saudável e pelo e...

Mundo do trabalho

8 mudanças que prometem revolucionar o futuro do trabalho

PageGroup lista as transformações que devem impactar as relações trabalhistas.

Como a comparação pode levar a autossabotagem na carreira
Mundo

Como a comparação pode levar a autossabotagem na carreira

Quando se foca na vida de outra pessoa, deixa-se de olhar para a própria vida, alerta a psicóloga e coach M...

Vídeo

Semana Espírita reúne centenas de pessoas em Feira Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 13.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram