Acorda Cidade - Dilton Coutinho

15 de Dezembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 15/07/2019 09h41.

O valor da amizade

O Amigo verdadeiro compreende, perdoa e acolhe.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Neste dia 20 celebramos o Dia do Amigo. Você tem muitos amigos? Quais são seus verdadeiros amigos e amigas? A amizade surge na vida da gente em momentos até inesperados: numa viagem, num comércio, numa fila de hospital, numa grande necessidade, num momento de dor: doença, acidente, morte...

O AMIGO verdadeiro compreende, perdoa e acolhe. Está sempre presente. Não há tempo, distância e contratempos que possam impedir a verdadeira amizade. Os amigos não tem segredos um para o outro. Partilham dores e alegrias. Eles se entendem e se aceitam como são. Os amigos se inspiram e se estimulam mutuamente a realizarem o bem e a serem felizes na família e na profissão.

O BOM AMIGO estimula a agir na busca de um ideal, ajuda a tornar a pessoa criativa, contribui com seu projeto de vida. Por isso, é qualidade essencial do amigo, a sinceridade. Ao mesmo tempo que elogia e valoriza os dons a serem desenvolvidos, é capaz de falar de verdades que nem sempre são muito agradáveis para aquele que ouve, mas que são fundamentais para o seu crescimento.

PESQUISAS recentes, na área da psicologia e da medicina, indicam que cultivar amigos sinceros evita a solidão e aumenta a imunidade a doenças. Uma amizade verdadeira é fundamental para a saúde física e mental das pessoas. Pode ser decisiva na recuperação de doentes. Por isso, a amizade, além de amadurecer, desenvolver responsabilidades, criar confiança no outro e em si mesmo, é uma forma esplêndida de prevenir e curar doenças e, até mesmo, evitar o suicídio.

“UM AMIGO fiel é uma poderosa proteção: quem o achou, descobriu um tesouro. Nada é comparável a um amigo fiel, o ouro e a prata não merecem ser postos em paralelo com a sinceridade de sua fé. Um amigo fiel é um remédio de vida e imortalidade... Quem teme ao Senhor terá também uma excelente amizade, pois seu amigo lhe será semelhante”. (Ecle 6,14-17).

JESUS, muitas vezes, falou de amizade e amigos. Certo dia disse aos apóstolos: “ Não chamo vocês de escravos porque o escravo não sabe o que o seu dono faz, mas chamo de amigos, pois tenho dito a vocês tudo o que ouvi do meu Pai”. (Jo 15,15). “O maior amor que alguém pode ter pelos seus amigos é dar a vida por eles. Vocês são meus amigos se fazem o que eu mando” (Jo 15,12-14).

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Artigo

Foi sorte ou azar?

Recusou muitas vezes propostas por ele. Não venderia por preço algum.

Artigo

Como lidar com a doença?

O clamor por vida e saúde nunca parou e continua sempre mais intenso.

Artigo

Você sabe agradecer?

É próprio das pessoas educadas agradecer sempre e por tudo.

Vídeo

Aluno da UFRB é acusado de racismo por recusar documento de docente negra Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta sexta-feira 13.12:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram