Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
14 de Outubro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Cultura

Todas as notícias
Publicado em 16/06/2019 16h35.

Arte na Avenida: projeto que expõe trabalhos artísticos em via pública pode ocorrer mensalmente em Feira de Santana

De iniciativa de um grupo de artistas, o Arte na Avenida teve neste domingo (16) sua primeira edição, no canteiro central da Avenida Getúlio Vargas.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Arte na Avenida: projeto que  expõe trabalhos artísticos em via pública pode ocorrer mensalmente em Feira de Santana
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Andrea Trindade

Muito comuns em capitais e locais turísticos as feiras de exposição de artes são atrações à parte para visitantes e moradores, aos domingos. Em Feira de Santana um projeto pretende levar, mensalmente, diversas obras de artistas locais em via pública com forma de opção de lazer.

De iniciativa de um grupo de artistas, o Arte na Avenida teve neste domingo (16) sua primeira edição, no canteiro central da Avenida Getúlio Vargas, e o próximo evento deve acontecer no mês que vem, provavelmente no dia 14 de julho, um domingo, no início da Rua São Domingos.

O organizador da feira, o fotógrafo José Ângelo Leite, informou que inicialmente a exposição será mensal para avaliar a aceitação do público, em seguida quinzenal, e se tudo der certo ocorrerá em todos os domingos. Vai depender do apoio mais importante e que os artistas precisam: o do público.

“O propósito deste evento é congregar artistas de diversos segmentos para se reunirem aqui na Getúlio Vargas para apresentar e divulgar seus trabalhos, além de criar um atrativo para a população. Todo artista tem que ir onde o povo está, como diz a música, e nada melhor do que a gente vir pra a rua em um dia de domingo. Aqui você encontra trabalhos de fotógrafos, pintores escultores, escritores de cordel, repentistas, e outras áreas. A gente sabe que aos domingo a cidade tem pouco movimento e para que pudéssemos divulgar isso escolhemos a Avenida Getúlio Vargas, em frente a Uniasselvi, por ter um fluxo maior, e como aqui existe este canteiro central, trouxemos para cá para dá mais visibilidade”, explicou.

Ângelo começou a trabalhar com fotografia em 1974 quando as fotos precisavam de filmes e eram reveladas em câmeras escuras. Hoje ele disse que teve que reaprender a fotografar por conta das mudanças tecnológicas e que está se aperfeiçoando no uso da câmera digital. “A fotografia é um campo que surpreende a cada dia com os adventos tecnológicos e com o olhar que vem amadurecendo a cada dia”, declarou.

O pintor e escultor Sérgio Esmera expos belos trabalhos de óleos sobre a tela. Ele disse ao Acorda Cidade que pretende levar para as próximas edições suas esculturas e espera que o Arte na Avenida aconteça de forma permanente.

Além dos quadros ele faz esculturas com gesso, argila e outros materiais. O artista informou que as pinturas têm uma aceitação melhor do público de Feira de Santana.

“Em Feira as pessoas ainda não consomem muito escultura e acredito que a exposição desse tipo de arte é importante para as pessoas apreciarem o trabalho e valorizando mais e se interessando mais por elas. A inspiração vem daquilo que me dá vontade de fazer, o que acho bonito e de encomendas também. Não dá para cobrar valores muito altos aqui em Feira ainda porque não conseguiríamos vender”, informou.

O secretário municipal de Cultura Esporte e Lazer Edson Borges visitou a exposição e ressaltou que o evento é uma iniciativa de cerca de 10 artistas, e que teve um sonho realizado, pois já conhecia feiras como esta em capitais como Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo.

“Tão logo a secretaria soube dessa iniciativa, também teve a iniciativa de apoiá-los. Estamos começando a gora. É uma feira ainda pequena, mas já é representativa, de nomes representativos da arte e da cultura de Feira de Santana. A pretensão é fazer uma vez por semana. A próxima será naquele trecho da avenida com a Rua São Domingos, perto do local onde é realizada a Feira de Animais. Esse era um sonho que eu tinha. É um evento que em grandes cidades tem grandes resultados do ponto de vista cultural e artístico e para os artistas do ponto de vista de divulgação e vendas. Eu conheço em Porto Alegre, Belo Horizonte e São Paulo vários eventos deste tipo, realizados há vários anos, bem consolidados, e com resultados fantásticos. Tenho certeza que isso aqui vai adiante e vai ser um sucesso”, afirmou o secretário ao Acorda Cidade.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Fotos: Ed Santos/ Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Cultura

Prêmio Cultura e Desenvolvimento Local de Feira de Santana teve 34 projetos inscritos

Os 10 projetos selecionados nesta edição farão ações entre novembro de 2019 e março de 2020, que culmina...

Banda Laço de Ouro assume responsabilidade de defender o forró de vaquejada
Música

Banda Laço de Ouro assume responsabilidade de defender o forró de vaquejada

Se tornando uma grande propagadora das raízes do nordeste, Sarah se sente orgulhosa de assumir este novo comp...

Grupos da Bahia e distrito federal se apresentam nesta quinta no Fenatifs
Cultura

Grupos da Bahia e distrito federal se apresentam nesta quinta no Fenatifs

Para assistir basta levar 1 kg de alimento estocável.

Vídeo

Prefeitura derruba barracões de fogos na Avenida Noide Cerqueira Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 11.10:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram