Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 1
  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 2
20 de Junho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Variedades

Todas as notícias
Publicado em 12/06/2019 07h01.

Respeito, cuidado e carinho são os ingredientes para o sucesso de uma história de amor

Em tempos que os relacionamentos estão cada vez mais rasos e a juventude muitas vezes transcende essa realidade, Geisa e Allan são exemplos de que cada vez mais é importante compreender um ao outro.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Respeito, cuidado e carinho são os ingredientes para o sucesso de uma história de amor
Foto: Arquivo Pessoal

Rachel Pinto

De um lado um lado um rapaz calmo, tranquilo, de boa comunicação e ideias bem articuladas. A própria serenidade em pessoa . De outro lado, uma moça conversadeira, às vezes hiperativa que tem seus momentos de falar pelos cotovelos e também de quietude. Um casal onde a definição de oposto está bem evidente no jeito aparente de ser, mas que no auge da juventude mostram-se unidos, apaixonados e com vontade de desbravar o mundo a dois.

As características do casal citado são a representação da nutricionista Geisa Santos, de 26 anos e do bancário Allan Matos, de 27 anos. Eles estão juntos há três anos e tudo começou quando se encontraram em 2016 durante uma Confraternização das Juventudes Espíritas da Bahia (Conjeb).

Geisa conta que no primeiro contato com o noivo o sentimento que teve foi de implicância. Não houve a paixão à primeira vista, mas já existia alguma coisa que fazia tal implicância ser relevante demais. Um incômodo, que na verdade já dava indícios de uma linda história de amor.

“No primeiro momento eu o achei muito chato. Correto demais centrado demais. Meses depois nos reencontramos no grupo de estudo do centro espírita que participamos. Passamos então a conversar e a nos conhecer melhor. Começamos a namorar de tudo foi muito rápido. Criamos admiração um pelo jeito do outro, principalmente pelos valores que têm se tornado mais difíceis de encontrar entre os jovens atuais. Justamente por termos latentes em nós certos valores e termos visto isso um no outro foi muito forte. Iniciamos nossa vida juntos e continuamos até hoje”, disse.

O essencial é invisível aos olhos

No primeiro contato com Allan, Geisa não imaginou que ele pudesse vir a ser um dia seu namorado, muito menos que logo estaria apaixonada por ele e juntos pudessem construir uma relacionamento pautado na cumplicidade, amizade e muito amor. Ela comenta que a química não surgiu imediatamente, mas depois que foram se conhecendo e vendo o que cada um tem de melhor dentro de si. As diferenças foram tiradas de letra e hoje o casal é sinônimo de muita parceria e entendimento.

“Fomos conversando e vendo no outro uma qualidade bonita. Nos sentíamos em paz quando estávamos juntos e estamos construindo uma relação com muito respeito um pelo outro, e acima de tudo respeitando as qualidades e defeitos existentes. A paixão, o amor e o carinho crescem cada dia mais”, comenta Geisa.
Allan faz questão de destacar as qualidades da noiva e a admiração que tem pelo jeito carinhoso e cuidadoso que ela tem.

“Admiro o afinco e a doação que ela tem por algumas atividades, principalmente: auxiliar/cuidar das pessoas, sejam amigos, familiares ou até mesmo desconhecidos”, diz.

Unidos pela espiritualidade

Geisa e Allan são jovens espíritas que gostam de passear, viajar se encontrar com os amigos e são bastante engajados nas atividades e estudos sobre a doutrina espírita. Eles acreditam que as afinidades construídas e o encontro dos dois não aconteceu à toa. Para eles, além da benção de Deus, o amor do casal e o encontro de almas contou também com a ajuda dos espíritos amigos.

Em tempos que os relacionamentos estão cada vez mais rasos e a juventude muitas vezes transcende essa realidade, Geisa e Allan são exemplos de que cada vez mais é importante praticar o silêncio e o que os olhos já não podem ver, as coisas que só o coração pode entender. Eles seguem na direção da prática do bem, do entendimento, respeito as diferenças e com a sabedoria de que fundamental é mesmo o amor e é impossível ser feliz sozinho.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Varidades

11 maneiras de combater a ansiedade

Uma em cada três pessoas no mundo sofre de ansiedade e segundo estudo da Organização Mundial da Saúde.

Mundo Pet

Tudo o que você precisa saber para ter e cuidar bem de um cachorro

Aprenda o que fazer para ser o tutor perfeito do seu melhor amigo!

Psicóloga dá dicas para ter mais amor-próprio no relacionamento (e fora dele)
Comportamento

Psicóloga dá dicas para ter mais amor-próprio no relacionamento (e fora dele)

Quando o indivíduo aprende a amar a si próprio, aumentam suas chances de construir relacionamentos mais saud...

Vídeo

Senado Aprova (10 a 14 de junho) — O mais importante que o Senado aprovou nesta semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Motoristas relatam dificuldade para retirar carros apreendidos de pátio terceirizado
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram