Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 1
  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 2
  • Bahiatursa São João
19 de Junho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Bahia

Todas as notícias
Publicado em 08/06/2019 09h32.

Estado publica decreto que regulamenta a Educação Ambiental

No que se refere à Educação Ambiental no Ensino Formal, o documento destaca ações estratégicas que deverão ser implementadas e consolidadas no âmbito da Secretaria da Educação do Estado e no Sistema Educacional da Bahia.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Estado publica decreto que regulamenta a Educação Ambiental
Foto: Secom/ Bahia

Acorda Cidade

Como uma das ações voltadas para o fortalecimento da Política Ambiental no Estado da Bahia, o governador Rui Costa publicou, na sexta-feira (7), no Diário Oficial do Estado, o Decreto Nº 19.083/2019, que regulamenta a Política Estadual de Educação Ambiental no Estado, instituída pela Lei nº 12.056, de 07 de janeiro de 2011. No que se refere à Educação Ambiental no Ensino Formal, o documento destaca ações estratégicas que deverão ser implementadas e consolidadas no âmbito da Secretaria da Educação do Estado e no Sistema Educacional da Bahia.

De acordo com o decreto, a Educação Ambiental deve ser uma prática educativa de cunho transversal, que colabore para a transformação das instituições formais em espaços educadores sustentáveis. As ações deverão ser disseminadas com o envolvimento dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE), além de serem discutidas coletivamente com a comunidade escolar, considerando as especificidades territoriais. Um dos pontos de partida para isso é a organização do ano letivo, a partir da jornada pedagógica realizada nas redes de ensino. Essas discussões deverão estar inseridas na proposta pedagógica das escolas, considerando os diversos documentos orientadores, em especial o Programa de Educação Ambiental do Sistema Educacional da Bahia (ProEase).

Ainda de acordo com o decreto, deverão ser criados e ampliados espaços de participação socioambientalista nas escolas, a exemplo da Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida (Com-Vida).

Outras diretrizes são a construção de planejamentos socioambientais no âmbito da relação escola-comunidade e a realização de processos formativos com os profissionais da Educação, de forma a garantir a Educação Ambiental de maneira transversal e contínua no currículo escolar.

 

Acesse o decreto: www.educacao.ba.gov.br

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Bahia: mais de um milhão pessoas entre 15 a 29 anos não estudam nem trabalham
Nem, Nem

Bahia: mais de um milhão pessoas entre 15 a 29 anos não estudam nem trabalham

O aumento de 2017 para 2018 se concentrou entre os mais jovens (de 8,1% para 9,6% das pessoas de 15 a 17 anos ...

Com a chegada das festas juninas, cuidado com os fogos deve ser redobrado
Bahia

Com a chegada das festas juninas, cuidado com os fogos deve ser redobrado

Em Salvador, a referência na área é o Hospital Geral do Estado (HGE), que possui o maior centro de queimado...

Bahia tem 2º menor percentual de adultos com nível superior completo do país
Bahia

Bahia tem 2º menor percentual de adultos com nível superior completo do país

9 em cada 10 pessoas que não sabem ler nem escrever têm 40 anos ou mais de idade.

Vídeo

Senado Aprova (10 a 14 de junho) — O mais importante que o Senado aprovou nesta semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Motoristas relatam dificuldade para retirar carros apreendidos de pátio terceirizado
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram