Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 1
  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 1
20 de Junho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Política

Todas as notícias
Publicado em 07/06/2019 15h36.

Vereador pede interdição do Complexo Policial Investigador Bandeira

Ele denunciou a situação ao Ministério Público (MP) e convidou o órgão para uma sessão na Câmara na próxima semana.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Vereador pede interdição do Complexo Policial Investigador Bandeira
Foto: Câmara Municipal de Feira de Santana

Daniela Cardoso

O vereador Isaías de Diogo do (PSC) pediu na Câmara Municipal a interdição do Complexo Policial Investigador Bandeira, no conjunto Jomafa. Segundo o vereador, no local há focos de dengue, além de animais peçonhentos como cobras, devido ao acúmulo de lixo. Ele denunciou a situação ao Ministério Público (MP) e convidou o órgão para uma sessão na Câmara na próxima semana.

“Já é caso de calamidade pública. Recentemente estivemos no Complexo Investigador Bandeira e observamos o absurdo que está acontecendo há vários anos naquele local, então solicitamos ao poder público, a interdição daquele equipamento e na última quarta estivemos no MP. Na semana que vem, dia 13 às 14h, o MP vai estar presente nessa Casa para que a gente traga uma solução para quem anda e mora naquela região. Precisamos dá um fim aquele cemitério de carros”, afirmou.

Segundo o vereador, o governo do estado está pedindo, através de email, informações sobre o assunto e a Câmara Municipal já convidou representantes do estado para que eles estejam presentes também na sessão pública. Ele também pediu para que a população compareça.

Isaías de Diogo, que também é agente de endemias, afirmou que fez alguns vídeos no local mostrando várias larvas dentro das carrocerias dos carros abandonados.

“Ali é uma verdadeira sujeira. Faz mais ou menos 20 dias que um cavalo morreu naquele local. Ele foi picado por uma cobra no espaço do DPT (Departamento de Polícia Técnica) e veio a óbito, mas ninguém comentou sobre isso. Imagina os agentes de endemias que tem que fazer o trabalho focal e perifocal ali dentro e ter que enfrentar cobras, escorpiões e outros insetos?”, questionou.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Moro: 'Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio'
Política

Moro: 'Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio'

Ministro falou por pouco mais de oito horas na CCJ do Senado.

CCJ do Senado ouve Moro sobre conversas vazadas com Dallagnol
Polícia

CCJ do Senado ouve Moro sobre conversas vazadas com Dallagnol

Após os vazamentos das conversas, será a primeira vez que Sergio Moro irá ao Congresso Nacional para falar ...

Senado aprova revogação de decreto que flexibiliza acesso a armas
Brasil

Senado aprova revogação de decreto que flexibiliza acesso a armas

Projeto de Decreto Legislativo segue para análise da Câmara.

Vídeo

Senado Aprova (10 a 14 de junho) — O mais importante que o Senado aprovou nesta semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Motoristas relatam dificuldade para retirar carros apreendidos de pátio terceirizado
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram