Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 2
  • BAHIA AQUI É TRABALHO JUNHO 2
20 de Junho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Concursos

Todas as notícias
Publicado em 05/06/2019 10h02.

Guedes confirma que não haverá concursos federais nos próximos anos

Digitalização compensará perda de servidores, diz ministro da Economia.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Guedes confirma que não haverá concursos federais nos próximos anos
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou ontem (4) que o governo optou por não promover concursos públicos no Poder Executivo nos próximos anos. Segundo Guedes, cerca de 40% do funcionalismo federal atual deve aposentar-se em até cinco anos, o que possibilitará ao governo enxugar a máquina pública sem demitir.

“Nos últimos anos, houve excesso de contratações. Os salários subiram ferozmente”, declarou o ministro, que foi convocado pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados para debater os impactos econômicos e financeiros da aprovação da proposta de reforma da Previdência.

De acordo com Guedes, o governo pretende investir na digitalização de processos e na diminuição da burocracia para manter os serviços públicos com menos funcionários. “Nas nossas contas, 40% dos funcionários públicos devem se aposentar nos próximos cinco anos. Não precisa demitir. Basta desacelerar as entradas que esse excesso vai embora naturalmente. Vamos ficar sem contratar por um tempo e vamos informatizar”, disse.

O ministro destacou algumas medidas tomadas recentemente para desburocratizar os serviços públicos, como a simplificação da abertura de empresas. Guedes acrescentou que a metodologia será estendida a outros serviços, mas não deu mais detalhes.

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020 não prevê a realização de concursos públicos. Neste mês, entrou em vigor a nova regra para os pedidos de concursos públicos no Poder Executivo. Os pedidos dos órgãos públicos para realização de concursos terão a análise centralizada no Ministério da Economia, que pretende conceder autorizações apenas em casos excepcionais

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Abertas inscrições para concurso público com 16 vagas para técnicos-administrativos
Concursos

Abertas inscrições para concurso público com 16 vagas para técnicos-administrativos

O valor da taxa de inscrição é de R$ 120,00 para cargos de nível superior (Nível E) e de R$ 90,00 para ca...

Começam hoje (17) inscrições do processo seletivo para nutricionista e professor da Educação Profissional
Confira o edital

Começam hoje (17) inscrições do processo seletivo para nutricionista e professor da Educação Profissional

Serão disponibilizadas 36 vagas para a função de Nutricionista, divididas nos 27 Núcleos Territoriais de E...

Processo seletivo: inscrições para conselheiro tutelar de Feira de Santana são prorrogadas até dia 19
Feira de Santana

Processo seletivo: inscrições para conselheiro tutelar de Feira de Santana são prorrogadas até dia 19

Os interessados deverão se dirigir à sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, ...

Vídeo

Senado Aprova (10 a 14 de junho) — O mais importante que o Senado aprovou nesta semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Motoristas relatam dificuldade para retirar carros apreendidos de pátio terceirizado
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram