Acorda Cidade - Dilton Coutinho

05 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Mundo do trabalho

Todas as notícias
Publicado em 31/05/2019 08h10.

Saiba quais são as 10 carreiras mais bem remuneradas no Brasil

Estudo foi realizado pela FGV. Dados do IR foram utilizados na pesquisa
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Saiba quais são as 10 carreiras mais bem remuneradas no Brasil
Foto: Divulgação

Agência Educa Mais Brasil 

A Fundação Getúlio Vargas Social (FGV) fez uma análise sobre as profissões mais bem remuneradas do país. O estudo tomou como base os dados do Imposto de Renda Pessoa Física de 2018 - referente ao ano-calendário de 2017 - e considerou o total de rendimentos declarados pelo contribuinte, que incluiu não só o salário, como também outras fontes de renda.

Das dez ocupações mais bem remuneradas, sete são ligadas ao funcionalismo público, principalmente na área jurídica. Entre as ocupações, apenas três estão ligadas ao setor privado. Médicos, pilotos de aeronave e atletas ocupam, respectivamente, a 6º, 9º e 10º posição na lista.

Lideram o ranking, os titulares de cartório, que recebem, em média, R$107,06 mil por mês e, na sequência, os membros do Ministério Público, com metade do rendimento dos primeiros colocados: R$53,2 mil. Em contrapartida, os profissionais da saúde têm rendimento médio de R$29,7 mil e os atletas têm renda média de R$24 mil.

Confira agora o restante do ranking:

As carreiras mais bem remuneradas do setor público
Titular de cartório: R$ 107,6 mil por mês
Membro do Ministério Público: R$ 53,2 mil por mês
Membro do Poder Judiciário: R$ 52,8 mil por mês
Diplomata R$: 35,3 mil por mês
Advogado do setor público: R$ 29,9 mil por mês
Servidor de carreira do Banco Central: R$ 27,5 mil por mês
Auditor fiscal R$: 27,1 mil por mês

As carreiras mais bem remuneradas do setor privado
Médico: R$ 29,7 mil por mês
Piloto: R$ 24,9 mil por mês
Atleta: R$ 24 mil por mês
Ator e diretor de espetáculo: R$ 20,6 mil
Engenheiro: R$16,9 mil por mês
Agrônomo: R$15,8 mil por mês
Professor de ensino superior: R$15,5 mil por mês
Agente da Bolsa de Valores: R$ 15,1 mil por mês


 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office
Mercado de Trabalho

Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Trabalhadores ouvidos reportaram altos níveis de satisfação

Dia do social media: Quem é esse profissional e qual a sua importância?
Mundo do Trabalho

Dia do social media: Quem é esse profissional e qual a sua importância?

Especialista comenta sobre o trabalho de gestão das redes sociais, comemorado no dia 30 de junho.

Justiça do Trabalho recebeu 7,7 mil ações, desde o início da pandemia
Brasil

Justiça do Trabalho recebeu 7,7 mil ações, desde o início da pandemia

Levantamento é do Tribunal Superior do Trabalho.

Vídeo

Entregadores de apps de Feira de Santana aderem a greve nacional e reivindicam melhores condições de trabalho Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram