Acorda Cidade - Dilton Coutinho

09 de Dezembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 29/05/2019 11h53.

Promotor confirma que ação do MP prevê retirada de camelôs do Centro

Para Sávio Damasceno, a construção do Centro Comercial Popular pela Prefeitura de Feira de Santana é a oportunidade para legalizar o comércio ambulantes e tirá-los da informalidade.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Promotor confirma que ação do MP prevê retirada de camelôs do Centro
Foto: Secom

Acorda Cidade

O promotor público Sávio Damasceno confirmou que o Ministério Público (MP) é autor de uma ação movida no ano passado para retirar os camelôs do centro comercial de Feira de Santana. O anúncio da medida, embasada na lei para garantia de segurança pública, foi feito pelo representante da Justiça, no último dia 8, durante reunião com a categoria, no salão da Euterpe Feirense.

Leia também: Ambulantes da Sales Barbosa definem critérios para instalação do Centro Comercial Popular

Para Sávio Damasceno, a construção do Centro Comercial Popular pela Prefeitura de Feira de Santana é a oportunidade para legalizar o comércio ambulantes e tirá-los da informalidade. Ele foi categórico ao alertar para que os ambulantes “enxerguem como oportunidade. Saibam agarrar a oportunidade e essa é valiosa. E se alguém quiser sabotar, desconfiem”.

As análises sobre a situação dos camelôs espalhados pelo centro da cidade, conforme o promotor público, são feitas estritamente sob a ótica da lei. E justamente perante a lei, ele observa que os camelôs estão atuando de forma irregular, na informalidade. “Em vim de Goiânia e lá está um pouquinho mais evoluído. Lá a Lei determina e vai de patrol e caçamba da noite para o dia e retira todos”.

Em Feira de Santana, conforme alertou o promotor, a medida não será adotada em função da Prefeitura ter tomado a iniciativa de construir o Centro Comercial Popular visando relocar para lá todos os camelôs. E ele observa que os ambulantes somente pagarão uma taxa mensal de ocupação do espaço de R$ 80,00 por metro em função do Governo Municipal ter investido R$ 13 milhões na Parceria Público Privada (PPP) com a Concessionária Feira Popular, que está investindo cerca de R$ 90 milhões no empreendimento.

A cobrança da taxa mensal no valor de R$ 80,00 por metro, conforme o promotor, “não só é justo como está na lei. Vocês estão sendo privilegiados pelo Governo Municipal de Feira de Santana porque se o Governo não tivesse aplicado os R$ 13 milhões, o aluguel seria mais caro. O pessoal está com uma solução bacana e criativa, que é a criação da Cidade das Compras (Centro Comercial Popular)”, avaliou.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Natal: confira o horário especial do Comércio de Feira de Santana
Fim de ano

Natal: confira o horário especial do Comércio de Feira de Santana

As lojas estão autorizadas a funcionar aos domingos.

Aberta chamada pública para boxes no Shopping Cidade das Compras
Feira de Santana

Aberta chamada pública para boxes no Shopping Cidade das Compras

Estão sendo disponibilizados boxes que não foram ocupados até o último dia 30.

Taxistas preferem não trabalhar utilizando Bandeira 2; tarifa é considerada como 13º salário da categoria
Feira de Santana

Taxistas preferem não trabalhar utilizando Bandeira 2; tarifa é considerada como 13º salário da categoria

Segundo o taxita Dilson, em anos anteriores, os períodos de São João e Natal, sempre foram os melhores mese...

Vídeo

Força e determinação: professor da zona rural enfrenta o racismo e é aprovado em doutorado na USP Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quarta-feira 08.12:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram