Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
20 de Julho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Cinema e Séries

Todas as notícias
Publicado em 25/05/2019 19h27.

Bacurau, filme brasileiro, ganha prêmio no Festival de Cannes

A obra é uma adaptação do livro de mesmo nome, de Martha Batalha, sobre a história de duas irmãs no Rio de Janeiro nos anos 1950.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Agência Brasil - O filme Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, ganhou hoje (25) o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2019, um dos mais importantes do mundo. A película ficou em primeiro lugar, empatando com a produção francesa Les Misérables, de Ladj Ly. Cannes fica na França.

O filme de ficção se passa em um povoado no sertão, chamado Bacurau, e tem como marco a morte de uma moradora conhecida, Dona Carmelita. A partir deste episódio, a trama se desenvolve despertando eventos inesperados. A obra deve estrear em salas de cinema no Brasil no segundo semestre.

“A ideia veio em 2009 e decidimos escrever [o filme] juntos. Nós fizemos algumas mudanças para o que temos agora. Foram oito meses trabalhando de segunda a sexta e foi isso”, disse o realizador Juliano Dornelles na entrevista sobre o filme realizada no festival, falando sobre o processo de gravação.

“Nós trabalhamos com uma certa atmosfera da cidade. Houve elementos que entraram no filme durante o processo, quase como se a realidade estivesse se encontrando com o roteiro. O Brasil parece com uma realidade distópica em alguns aspectos”, avaliou o diretor Kleber Mendonça Filho, também na entrevista sobre o filme.

Kleber dirigiu diversos curtas e os longas-metragens como o Som ao Redor (2012) e Aquarius (2016). Com este último, o diretor participou da disputa para a Palma de Ouro, em Cannes, em 2016.

O Brasil já havia ganhado, ontem (24), o primeiro lugar na mostra Um Certo Olhar com o filme A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, do cineasta cearense Karim Ainouz.

A obra é uma adaptação do livro de mesmo nome, de Martha Batalha, sobre a história de duas irmãs no Rio de Janeiro nos anos 1950.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Toy Story 4 é líder em arrecadação no país com R$ 62 milhões
Cinema

Toy Story 4 é líder em arrecadação no país com R$ 62 milhões

A estimativa é que mais de 940 mil ingressos foram vendidos nos cinemas, desde a última quinta-feira (27).

Prestes a estrear nova temporada, 'La Casa de Papel' garante renovação com a Netflix
Séries

Prestes a estrear nova temporada, 'La Casa de Papel' garante renovação com a Netflix

Criador da série confirmou que haverá uma 4ª temporada; novos episódios chegam à plataforma no dia 19 de ...

Saiba quais são as 10 maiores animações em bilheteria
Cinema

Saiba quais são as 10 maiores animações em bilheteria

Lista conta com clássicos como "O Rei Leão" e "Procurando Nemo"

Vídeo

Cachorro destrói quarto da dona, deixa ela uma fera e viraliza; assista Veja mais Vídeos ›

Podcast

Moradores do bairro Campo Limpo reclamam da situação das ruas e fazem equilibrismo para não caírem na lama
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram