Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
18 de Fevereiro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Cinema e Séries

Todas as notícias
Publicado em 25/05/2019 19h27.

Bacurau, filme brasileiro, ganha prêmio no Festival de Cannes

A obra é uma adaptação do livro de mesmo nome, de Martha Batalha, sobre a história de duas irmãs no Rio de Janeiro nos anos 1950.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Agência Brasil - O filme Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, ganhou hoje (25) o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2019, um dos mais importantes do mundo. A película ficou em primeiro lugar, empatando com a produção francesa Les Misérables, de Ladj Ly. Cannes fica na França.

O filme de ficção se passa em um povoado no sertão, chamado Bacurau, e tem como marco a morte de uma moradora conhecida, Dona Carmelita. A partir deste episódio, a trama se desenvolve despertando eventos inesperados. A obra deve estrear em salas de cinema no Brasil no segundo semestre.

“A ideia veio em 2009 e decidimos escrever [o filme] juntos. Nós fizemos algumas mudanças para o que temos agora. Foram oito meses trabalhando de segunda a sexta e foi isso”, disse o realizador Juliano Dornelles na entrevista sobre o filme realizada no festival, falando sobre o processo de gravação.

“Nós trabalhamos com uma certa atmosfera da cidade. Houve elementos que entraram no filme durante o processo, quase como se a realidade estivesse se encontrando com o roteiro. O Brasil parece com uma realidade distópica em alguns aspectos”, avaliou o diretor Kleber Mendonça Filho, também na entrevista sobre o filme.

Kleber dirigiu diversos curtas e os longas-metragens como o Som ao Redor (2012) e Aquarius (2016). Com este último, o diretor participou da disputa para a Palma de Ouro, em Cannes, em 2016.

O Brasil já havia ganhado, ontem (24), o primeiro lugar na mostra Um Certo Olhar com o filme A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, do cineasta cearense Karim Ainouz.

A obra é uma adaptação do livro de mesmo nome, de Martha Batalha, sobre a história de duas irmãs no Rio de Janeiro nos anos 1950.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Cinema:  confira as programações dos cinemas do America Outlet e Shopping Avenida
Cinema

Cinema: confira as programações dos cinemas do America Outlet e Shopping Avenida

Programação referente ao período de 13 a 19 de fevereiro

Filme sul-coreano Parasita faz história e ganha o Oscar 2020
Cinema

Filme sul-coreano Parasita faz história e ganha o Oscar 2020

Ele conquistou ainda outras três categorias

Mostra de Cinema Contemporâneo do Nordeste está com inscrições abertas
Cinema

Mostra de Cinema Contemporâneo do Nordeste está com inscrições abertas

Os interessados podem encontrar o regulamento e o formulário de inscrição no site mostraccn.net.br.

Vídeo

Vereador protocola ação no MP pedindo cancelamento do Carnaval de Salvador devido ao coronavírus Veja mais Vídeos ›

Podcast

Quadro Cá Entre Nós - 15.02 (Auto Confiança)
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram