Acorda Cidade - Dilton Coutinho

13 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Micareta

Todas as notícias
Publicado em 16/05/2019 13h40.

Pesquisa aponta que 48% dos foliões preferem que micareta comece as 14h; veja outros dados

De acordo com Edson, desde o ano passado que o governo vem fazendo essa pesquisa sobre a Micareta, por entender que esse é um dos maiores eventos que se realiza em Feira de Santana.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Pesquisa aponta que 48% dos foliões preferem que micareta comece as 14h; veja outros dados
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Daniela Cardoso

Atualizada às 16h20

Uma pesquisa feita com foliões sobre os diversos aspectos da organização da Micareta 2019 foi apresentada nesta quinta-feira (16) pela Prefeitura de Feira de Santana. A pesquisa foi feita a partir do dia 6 maio, após a festa. De acordo com o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges, o principal objetivo da pesquisa foi obter uma avaliação científica e estatística da Micareta.

Confira os dados completos da pesquisa sobre a Micareta 2019

“Não basta apenas uma mera observação, a gente ficar olhando os quatro dias ou ouvindo uma opinião aqui e acolá, claro que todas as opiniões são importantes, mas quando se faz uma pesquisa, se consegue dados estatísticos, consegue uma apuração científica do evento”, afirmou.

De acordo com Edson, desde o ano passado que o governo vem fazendo essa pesquisa sobre a Micareta, por entender que esse é um dos maiores eventos que se realiza em Feira de Santana. Segundo ele, na Micareta deste ano foram mais de 1 milhão e 300 mil pessoas circulando nos quatro dias de festa, o que dá uma média superior a 300 mil pessoas por dia.

Entre os dados mais relevantes obtidos na pesquisa, na opinião do secretário Edson Borges, está o horário de início e fim da festa. Ele observa que o folião está aprovando que a micareta comece mais cedo, como ocorreu esse ano e quer que termine no máximo às 3h da manhã.

O gosto musical dos foliões foi outro dado que chamou a atenção do secretário. De acordo com ele, a pesquisa revela que Axé e o Pagode dividem a preferência dos foliões. Ele afirmou que esses dados baseiam e surpreende a equipe de realização da Micareta.

“A festa sempre tem que ter aperfeiçoamentos. Uma festa dessa magnitude nunca tem a organização encerrada, todo ano se verifica mudanças, por menores que sejam”, observou. Edson Borges ainda falou sobre a banda que mais agradou o público, segundo a pesquisa.

“A gente viu no domingo que foi um fenômeno a banda Lambasaia na avenida, foi um público monstruoso. Tivemos muitas atrações com grandes públicos, mas Lambasaia foi extremamente surpreendente”, comentou.

Mudança de data da Micareta

A mudança da data da festa não foi colocada na pesquisa deste ano. Mas segundo o secretário Edson Borges, no ano passado essa questão foi colocada para o folião.

“Na pesquisa do ano passado tivemos 40% dos entrevistados defendendo que a festa deve continuar em abril e 60% acham que deve sair de abril, sem especificar datas. Mas independente da opinião popular, defendo que devemos ouvir profissionais envolvidos na festa”, ressaltou.

Edson Borges informou que no dia 29 de maio o prefeito Colbert Martins da Silva Filho vai fazer uma reunião e a principal pauta vai ser exatamente se a Micareta fica em abril ou se muda para outra data.

“Como secretário, eu já tenho minha posição formada. Acho que deve sair de abril e deve começar pelo menos em outubro. Tem que ser em outubro ou novembro. A micareta tem que ser a primeira festa do ciclo de festas do verão do Bahia. Tem que haver uma análise técnica disso, pois a festa envolve recursos financeiros não só da prefeitura”, afirmou.

Como a pesquisa foi feita

O centro da cidade e mais 20 bairros de Feira de Santana foram escolhidos para responderam ao questionamento sobre a micareta. A margem de erro da pesquisa é de 4.5%. 500 pessoas foram entrevistadas e de acordo com o secretário municipal de Comunicação, Valdomiro Silva, somente foliões responderam a pesquisa.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Pessoas que apenas acompanham e não presenciaram a festa, não puderam responder a pesquisa, que foi exclusiva para foliões. Acredito que assim atingimos um resultado bem próximo do conceito que as pessoas fizeram dessa Micareta”, analisou.

Banheiros químicos

Os banheiros químicos disponibilizados no circuito da festa, foi um dos itens reprovados pelos foliões que responderam a pesquisa, conforme informou o secretário Valdomiro Silva.

“Notamos, por exemplo, que sanitário químico ainda é uma situação a ser melhor administrada na organização da festa. O índice de aprovação dos sanitários químicos é baixo, inferior a 50%. Este é um ponto que a prefeitura precisa se preocupar em melhorar”, afirmou.

Já limpeza e iluminação do circuito, tiveram bons índices, melhorando em relação aos índices de 2018, segundo informou Valdomiro Silva.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Foliões reclamam de pagamento de ingresso para camarote, mesmo com cancelamento da Micareta
Micareta

Foliões reclamam de pagamento de ingresso para camarote, mesmo com cancelamento da Micareta

Com a pandemia do coronavírus, a festa, que seria realizada em abril, não aconteceu, mas os ingressos foram ...

Feirenses concordam com adiamento da Micareta
Feira de Santana

Feirenses concordam com adiamento da Micareta

Adiamento foi anunciado oficialmente pelo prefeito Colbert Martins Filho.

Empresários concordam com adiamento da Micareta 2020 mesmo com prejuízos
Feira de Santana

Empresários concordam com adiamento da Micareta 2020 mesmo com prejuízos

O empresário Girlano Guirra, da Revista Alternativa, considerou a decisão acertada, diante da grande preocup...

Vídeo

Estudante de escola pública é aprovada em doutorado em Portugal e precisa de ajuda para custear o curso Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram