Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Gov BA modelo de gestão
  • Gov BA modelo de gestão
26 de Agosto de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Polícia

Todas as notícias
Publicado em 11/02/2019 15h58.

Polícia já identificou autor de tentativa de homicídio contra policial após show

O crime ocorreu, na noite de domingo (10), na Rua Newton Vieira Rique, no bairro São João, após um show no estacionamento do Boulevard Shopping.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Polícia já identificou autor de tentativa de homicídio contra policial após show
Foto: Reprodução

Laiane Cruz

O coordenador regional de Polícia do Interior (1ª Coorpin), delegado Roberto Leal, informou ao Acorda Cidade, nesta segunda-feira (11), que já identificou o autor da tentativa de homicídio contra um investigador de polícia lotado na Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Feira de Santana. O crime ocorreu, na noite de domingo (10), na Rua Newton Vieira Rique, no bairro São João, após um show no estacionamento do Boulevard Shopping.

De acordo com Roberto Leal, imagens de câmeras de segurança foram analisadas, as quais mostram o momento em que o policial civil discute com o acusado, por este supostamente agredir a companheira.

“Ele foi ao local, tentou conversar, as imagens do vídeo são muito claras, no sentido de que em momento nenhum o policial fez qualquer tipo de início de agressão. Ele estava portando uma arma de fogo, e depois dessa conversa, ele sai, a outra pessoa consegue se desvincular da companheira, retira a camisa e vai de encontro ao mesmo. Entram em luta corporal, e o policial continua sem querer sacar a arma de fogo a fim de contê-lo. Na verdade a intenção do policial é nítida no vídeo, queria conter o agressor para que ele não agredisse a companheira”, relatou Roberto Leal.

As imagens mostram ainda o agredido caindo ao chão. Neste momento, o agressor dá vários pontapés na vítima, murros, e ela desmaia. Uma pessoa, ainda não identificada, tenta afastar o acusado, que pega a arma da cintura do policial, atira contra o homem que tentava afastá-lo, depois volta e efetua um disparo em direção ao policial.

“Esse agressor pegou a arma que estava na cintura do policial que já estava desmaiado. Além de fazer a manobra de carregamento, de colocar a munição na câmera - porque o policial em momento nenhum fez essa manobra- efetuou um disparo em direção a essa pessoa, em seguida retorna e pelas imagens que estão sendo levantadas agora, dá para perceber um clarão no momento que ele abaixa a arma. Nós estamos imaginando aqui que houve um disparo de arma de fogo em direção ao policial, mas graças a Deus ele não foi atingido. O policial continua internado no hospital em observação e será submetido a novas baterias de exames hoje”, informou o delegado.

O coordenador regional de polícia ressaltou que estão sendo ouvidas testemunhas, e o acusado deve responder por dupla tentativa de homicídio.

“Um terceiro tentava ajudar, inclusive é nítido no vídeo que ele não tentava agredir a pessoa, ele tentava afastar. Ele dava pequenos chutes na tentativa de afastar, mas a pessoa estava tão transtornada, pegou a arma e efetuou o disparo, então esse indivíduo não vai responder apenas pela tentativa de homicídio contra o policial que foi ao solo, mas também contra o terceiro que tentava socorrê-lo”, pontuou o delegado.

O delegado informou também que imagens do interior da festa onde os envolvidos estavam serão colhidas, uma vez que há a informação de que o agressor teria se desentendido e entrado em luta corporal com outras pessoas durante o evento.

“Nós vamos angariar esse material para saber se isso procede ou não procede, mas a informação que nós temos até o presente momento é que o policial, na verdade, foi ao encontro dele a fim de conversar, saber o porquê estava agindo com a companheira daquela forma.”

Roberto Leal acrescentou que a vítima trabalha na DTE, é um policial experiente, que já tem cerca de vinte anos na polícia civil, com experiência em situações de alto risco.

“Ele soube muito bem conduzir essas situações. Em momento nenhum ele saca a arma, então nós percebemos que as agressões, inclusive se realmente pudesse dizer que foi uma richa, no momento que o policial caiu desfalecido, o agressor teria ido embora, mas não, ele continua as agressões, pegou a arma, atirou em outra pessoa, voltou, apontou a arma para a cabeça do policial, efetuou o disparo, então a gente percebe que a intenção dele era de matar”, argumentou.

Caminhoneiro tentou ajudar policial

A delegada titular da DTE, Klaudine Passos, informou em entrevista ao Acorda Cidade, que assim que soube da situação, o órgão prestou todo o apoio ao policial e à sua família.

“De imediato, assim que a gente soube do incidente ocorrido com o policial que trabalha conosco na DTE, participamos a situação ao diretor do Draco, doutor Marcelo Sansão, que hoje esteve na cidade, e nos dirigimos ao hospital para prestar todo o apoio à família, inclusive se houver a necessidade de remoção do policial para Salvador. O departamento se mostrou completamente à disposição”, declarou.

Segundo ela, a pessoa que aparece no vídeo tentando ajudar o policial trata-se de um caminhoneiro, que já foi localizado e prestou depoimento no Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho. “Já foi feita a oitiva dele no Complexo do Sobradinho, local onde nos reunimos para tomar as medidas necessárias com relação ao autor desse fato”, destacou.

A delegada Klaudine relatou que, no momento da agressão, o policial, mesmo caído ao chão, chegou a arremessar o celular e pediu que o caminhoneiro chamasse por socorro. “O caminhoneiro tentou pedir ao autor que não fizesse aquilo, e o autor então conseguiu pegar a arma do policial e tentar contra a vida do caminhoneiro. Houve ali a situação de dupla tentativa de homicídio.”

Conforme a delegada, o policial continua internado, e está bastante machucado. “Mas está consciente, falando. A situação foi grave, mas ele resistiu. O agressor após ter impedido qualquer reação do policial ao solo, retira a arma do policial e tenta deflagrar dois tiros na cabeça do policial. O agressor estava exaltado na festa e agredindo outros participantes da festa.” 

Por meio de nota, o Boulevard Shopping informou que recebeu ofício da Polícia Civil ontem (10), solicitando as imagens das câmeras de segurança para apoio à investigação. "O empreendimento informa que todo e qualquer processo de cessão de imagens é sempre feito no âmbito das investigações e está colaborando com a Polícia Civil", informou o comunicado.

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Casal é preso após ser flagrado com 100 Kg de maconha em micro-ônibus na BR-116
Feira de Santana

Casal é preso após ser flagrado com 100 Kg de maconha em micro-ônibus na BR-116

Suspeitos saíram de São Paulo e tinha Sergipe como destino.

Polícia

Homem é morto a tiros e esposa fica ferida após roubo de moto em Irará

Criminosos chegaram em moto roubada e atiraram nas vítimas.

Criança de um ano é levada à Policlínica do George Américo com sinais de abuso sexual
Feira de Santana

Criança de um ano é levada à Policlínica do George Américo com sinais de abuso sexual

Segundo a mãe, a criança fica na casa da babá, onde há outras pessoas.

Vídeo

Veja vídeo em 3D de como ficará o Centro de Educação, no prédio do FTC Veja mais Vídeos ›

Podcast

CDL realiza entrega dos prêmios da campanha Liquida Feira 2019
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram