Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • governo 1
  • governo 1
25 de Junho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Economia

Todas as notícias
Publicado em 10/01/2019 10h19.

Pequenos negócios têm geração recorde de empregos em novembro

O CAGED registrou saldo positivo de empregos pelo décimo primeiro mês consecutivo em 2018, apresentando o melhor resultado para o período dos últimos quatro anos
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Pequenos negócios têm geração recorde de empregos em novembro
Foto: Reprodução

Acorda Cidade

Os pequenos negócios registraram, em novembro, o décimo primeiro mês consecutivo de saldo positivo de empregos. Segundo os dados do CAGED (Ministério do Trabalho) as micro e pequenas empresas foram responsáveis pela geração de 69 mil empregos formais celetistas no país, enquanto o saldo apresentado pelas Médias e Grandes Empresas (MGE) foi negativo (-9,2 mil empregos), ou seja, mais demitiram do que contrataram. O resultado é o melhor registrado para os meses de novembro dos últimos quatro anos, ficando abaixo apenas do saldo registrado em novembro de 2014.

De janeiro a novembro de 2018, os pequenos negócios acumularam um saldo de 728,7 mil empregos gerados, seis vezes maior que o saldo registrado pelas Médias e Grandes Empresas e 41,4% acima do computado por eles no mesmo período do ano passado.

As MPEs que atuam no Comércio puxaram a geração de empregos no último mês, tendo sido responsáveis pela criação de mais de 68 mil novos postos de trabalho. Em seguida, ficaram os pequenos negócios do setor de Serviços, com destaque para as ligadas ao serviço de alojamento e alimentação, que geraram aproximadamente 13 mil empregos e as do ramo imobiliário, que registraram criação de 9,8 mil vagas.

No acumulado de janeiro a novembro deste ano, entretanto, foram as MPE do setor de Serviços que puxaram a geração de empregos, respondendo por mais de 405 mil novos postos de trabalho, 55,6% do total de empregos gerados pelas MPE neste ano. Em segundo lugar, ficaram os pequenos negócios da Construção Civil com a criação de 96,4 mil novas vagas de trabalho.

O estado de São Paulo liderou a geração de empregos em novembro, com um saldo de 16,4 mil novos postos de trabalho, seguido pelo estado do Rio de Janeiro (10,8 mil postos) e pelo Rio Grande do Sul (7,2 mil postos). A região Sudeste foi a que mais gerou empregos no penúltimo mês de 2018 (33 mil postos), seguida pela região Sul (19,2 mil postos).

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Economia

Conselho define diretrizes para abertura do mercado nacional de gás

Governo federal já havia manifestado essa intenção.

Caixa registra lucro líquido de R$ 3,92 bilhões no primeiro trimestre
Economia

Caixa registra lucro líquido de R$ 3,92 bilhões no primeiro trimestre

A inadimplência ficou em 2,47%, com uma redução de 0,44 ponto percentual na comparação com o mesmo perío...

Leilão de ativos da Avianca será dia 10 de julho
Economia

Leilão de ativos da Avianca será dia 10 de julho

Segundo a assessoria do TJSP, o edital com as regras do certame será publicado nesta quarta-feira (19) no Di...

Vídeo

Senado Aprova (10 a 14 de junho) — O mais importante que o Senado aprovou nesta semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Movimento do comércio no feriado de Corpus Christi agrada lojistas e consumidores
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram