Acorda Cidade - Dilton Coutinho

13 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Eleições

Todas as notícias
Publicado em 29/10/2018 06h37.

Com 100% das urnas apuradas, Bolsonaro obteve 57,7 milhões de votos

A diferença entre os dois candidatos foi superior a 10,7 milhões de votos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Com 100% das urnas apuradas, Bolsonaro obteve 57,7 milhões de votos
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - Com 100% da apuração das urnas, Jair Bolsonaro (PSL) obteve 55,13% dos votos válidos, conquistando 57.796.986 votos. Fernando Haddad (PT) teve 44,87% dos votos, o equivalente a 47.038.963 votos.

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, anunciou, por volta das 20h10, que Jair Bolsonaro estava matematicamente eleito novo presidente do Brasil. Segundo a ministra, o resultado da eleição foi definido às 19h18, com 94,44% das urnas apuradas.

A diferença entre os dois candidatos foi superior a 10,7 milhões de votos.

As abstenções somaram 21,3% (31,3 milhões de votos). Votos brancos foram 2,14% (2,4 milhões de votos) e nulos, 7,43% (8,6 milhões de votos).

3ª menor vitória
Com esses resultado, Bolsonaro teve a terceira menor vitória no segundo turno desde a redemocratização. Ele venceu com vantagens maiores apenas que a de Fernando Collor de Mello, em 1989 (53,03%), e da reeleição de Dilma Rousseff, em 2014 (51,64%).

Em relação ao primeiro turno, o opositor Fernando Haddad (PT) cresceu mais que Bolsonaro. O petista ganhou 15.696.741 de votos do primeiro para o segundo turno, passando de 29,28% para 44,86%. Bolsonaro conquistou 8.519.962 de votos adicionais, saindo de 46,03% para 55,13%.

O índice de Haddad, entretanto, foi menor do que o de Dilma (55% em 2010 e 51% em 2014) e Lula (61% nas duas eleições de 2002 e 2005), que venceram as eleições em segundo turno. O PT perdeu cerca de 7 milhões de votos em relação à disputa do último segundo turno presidencial, em 2014.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

TSE aprova resoluções com novas datas para o processo eleitoral; votação do 1º turno será dia 15 de novembro
Eleições 2020

TSE aprova resoluções com novas datas para o processo eleitoral; votação do 1º turno será dia 15 de novembro

A propaganda eleitoral, inclusive na internet, será permitida a partir de 27 de setembro, após o fim do praz...

Bahia tem mais de 10 milhões de eleitores aptos a votar
Eleições

Bahia tem mais de 10 milhões de eleitores aptos a votar

Estatística foi divulgada nesta sexta-feira (7/8) pelo Tribunal Superior Eleitoral em página atualizada com ...

Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos a votar em novembro
Eleições

Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos a votar em novembro

Eleitorado cresceu 2,66% em relação ao pleito municipal de 2016

Vídeo

Estudante de escola pública é aprovada em doutorado em Portugal e precisa de ajuda para custear o curso Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram