Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Educa Mais Brasil
  • Educa Mais Brasil
17 de Outubro de 2018
Dólar: R$ 4,09 Euro: R$ 4,78
23º 32º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Ciência e Tecnologia

Todas as notícias
Publicado em 09/10/2018 11h16.

Em jogo, Bolsonaro aparece 'matando' negros, mulheres e militantes

Com o nome de 'Bolsomito 2k18', o jogo descreve os alvos como "inimigos"
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Em jogo, Bolsonaro aparece 'matando' negros, mulheres e militantes
Foto: Reprodução

Redação iBahia

Ao que parece querer surfar a onda da polarização política das eleições em andamento, uma desenvolvedora criou um 'jogo' polêmico. O jogador vira o candidato do PLS à Presidência da República, Jair Bolsonaro, e ganha pontos ao matar militantes gays, feministas e integrantes de movimentos Sem-Terra. Com o nome de 'Bolsomito 2k18', o jogo descreve os alvos como "inimigos".

"Esteja preparado para enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no país", diz a descrição do jogo que está disponível na plataforma Steam.

Os trailers mostram o personagem inspirado no candidato agredindo a socos seus rivais, que vão de petistas a políticos com viés de esquerda. Além de ganhar pontos, os alvos do "Bolsomito", como é identificado o personagem do jogo, viram um emoji de fezes.

O game possui 88% de avaliações positivas em seu perfil na Steam, com mensagens de apoio político ao candidato, e opiniões sobre o enredo e jogabilidade, de acordo com O Correio Braziliense.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Twitter teve 2,7 milhões de postagens sobre divergências políticas
Redes sociais

Twitter teve 2,7 milhões de postagens sobre divergências políticas

De 7 de setembro a 7 de outubro, foram publicados 1,1 milhão de tweets sobre agressões.

Hackers roubaram dados de 29 milhões de usuários do Facebook
Internet

Hackers roubaram dados de 29 milhões de usuários do Facebook

Rede social deu detalhes sobre invasão ocorrida há duas semanas.

Ciência e Tecnologia

Feira de Santana sedia importante evento nacional sobre teoria e ciência de redes

O objetivo geral do evento é promover discussões sobre questões que emergem da Teoria e Ciência das Redes ...

Vídeo

Documentário Os Guardiões da Lagoa Veja mais Vídeos ›

Podcast

Entrevista com José Ronaldo - Parte I
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram