Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

22º 33º Feira de Santana
16 de janeiro de 2018

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Viagens

Especialista diz por que é importante o uso de botas, calça e jaqueta por motociclistas

12/01/2018 16h11
A Jaqueta é fundamental no uso diário, em caso de uma queda ela vai de proteger das queimaduras que são ocasionadas com a abrasão ao solo, por exemplo.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Especialista diz por que é importante o uso de botas, calça e jaqueta por motociclistas
Foto: Divulgação/Laquila

Acorda Cidade

Há um ditado que diz que há dois tipos de motociclista: aqueles que já caíram, e aqueles que ainda vão cair. Isso indica que é indispensável tomar todas as medidas de segurança para realizar uma viagem segura, independente da distância percorrida, e usar os equipamentos adequados.

Segundo o especialista em segurança Wellington Santos, da Laquila, uma das maiores importadoras e distribuidoras de peças e acessórios para motociclistas no país e detentora da marca de roupas e acessórios Texx, nas grandes cidades o percentual de condutores que não utilizam o capacete é pequeno devido a forte fiscalização, altos valores das multas e bem como a rigidez na aplicação das leis.

“Outra realidade é que em muitas cidades do interior do país, muitos usuários insistem em andar sem o equipamento, as vezes pela falta de uma fiscalização mais rígidas ou até mesmo por leis municipais que proíbem o uso do equipamento devido ao alto índice de assaltos realizados por motociclistas, que adentram ao estabelecimento usando o capacete para esconder o rosto, impossibilitando a identificação dos mesmos", disse destacando que os acidentes envolvendo motos são a principal causa de ocorrências de trânsito no país, ultrapassando os atropelamentos de pedestres. Atualmente, mais de metade das internações pelo Sistema Único de Saúde (SUS) são de motociclistas.

Além do capacete, jaqueta, luva e botas, são acessórios que protegem o motociclistas. Veja a seguir a importância de cada um deles, segundo o especialista.

Jaqueta - Por que devemos utilizá-la?

A Jaqueta é fundamental no uso diário, em caso de uma queda ela vai de proteger das queimaduras que são ocasionadas com a abrasão ao solo, além de suas proteções ajudarem a diminuir os ferimentos na queda. Por isso a escolha de um equipamento de qualidade é fundamental.

Quanto tempo devemos ficar com ela? Quais são os sinais que ela começa a dar quando precisa ser trocada?

Não existe uma regra, depende do uso que o motociclista faz dela. Geralmente os sinais da perca de qualidade do produto, é a diminuição da coloração original, A exposição contínua ao tempo colaboram para o desgaste, tanto do tecido, quanto das proteções que podem ressecar.

Luva - Por que devemos utilizá-la?

Qual o primeiro membro de nosso corpo a tocar o solo em caso de queda? No reflexo da queda as mãos são as primeiras a raspar no chão no intuito de se proteger! Por isso a luva é indispensável no dia a dia, uma luva de qualidade reduz em até 95% os ferimentos por queimadura na palma das mãos, além de proteger contra os insetos e objetos que possam “voar” durante a pilotagem e atingir as mesmas.

 

Quanto tempo devemos ficar com luva? Quais são os sinais que ela começa a dar quando precisa ser trocada?

Não existe uma regra, depende do uso que o motociclista faz dela. Geralmente os sinais da perca de qualidade do produto, é a diminuição da coloração original. A exposição contínua ao tempo colaboram para o desgaste.

 

Calça - Por que devemos utilizá-la?

Calça com proteção é indicado pois no caso de queda, tanto suas proteções internas, quanto o tecido especial de sua confecção, ajudam a proteger em caso de queda!

 

Quanto tempo devemos ficar com calça? Quais são os sinais que ela começa a dar quando precisa ser trocada?

Não existe uma regra, depende do uso que o motociclista faz dela. Geralmente os sinais da perca de qualidade do produto, é a diminuição da coloração original, A exposição contínua ao tempo colaboram para o desgaste, tanto do tecido, quanto das proteções que podem ressecar.

 

Bota - Por que devemos utilizá-la?

Um calçado adequado é de suma importância para evitar lesões. A bota para motociclista além de ter um couro mais resistente, ela contem proteções nas áreas essências, como tornozelos, calcanhar e dedos. Geralmente em um acidente a fratura e queimadura nos pés são comuns, ele pode se chocar com o veiculo, objeto, meio fio e/ou asfalto, causando graves traumas que podem ser reduzidos e/ou evitados com o uso adequado de um calçado.

 

Quanto tempo devemos usá-la? Quais são os sinais que ela começa a dar quando precisa ser trocada?

Não existe um tempo determinado, mas é sempre prudente verificar o tecido de sua bota para analisar se ela esta muito desgastada. O desgaste pode ocasionar na ruptura do tecido com maior facilidade e tornar ineficiente o uso deste equipamento.

 

Capacete - Por que devemos utilizá-lo?

É o equipamento mais importante para o motociclistas, além de ser exigido por lei. Hoje a maior causa de mortes em acidente de transito envolvendo motocicletas é por lesões na cabeça. Por isso a escolha de um capacete de qualidade é muito importante, o fato de você usar o equipamento não significa estar protegido se este não tiver qualidade e for utilizado forma incorreta.

 

Quanto tempo devemos ficar com ele? Quais são os sinais que ele começa a dar quando precisa ser trocado?

Estas são perguntas frequentes que ainda causam muitas duvidas. Por serem considerados bem duráveis, há muito tempo o Inmetro, exige que seja colocado na etiqueta interna do capacete, onde aparece data do lote de fabricação e tamanho, na última linha em negrito a expressão “Este produto é um bem durável”, justamente para não haver outra intepretação.

Além de ser bem claro que as normas de fiscalização definidas pelo Denatran, que disciplina o uso do capacete pelo condutor e passageiro de motocicleta através da Resolução Denatran 203, de 29 de setembro de 2006, onde está descrito tudo que é fiscalizado em um capacete, então, como validade de capacetes não existe, não aparece nenhuma vez dentro da resolução disciplinadora.

Porém  destaca-se 3 itens que constam e são importantes para saber se você esta passível de ser multado:

1° falta do Selo do Inmetro, externamente e internamente costurado no cinto jugular.

2° falta dos adesivos retro refletivos, colados na frente, atrás e nas laterais.

3° e talvez a mais importante, estado de conservação do capacete, devido a este 3° item, fica bem claro que capacete não tem validade, porém todo fabricante tem que fazer constar no manual na parte destinada a segurança, o tempo de recomendação de uso do capacete, no caso dos capacetes com a Marca Texx, são de 3 anos. 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Saiba quais os benefícios da vitamina D para o corpo humano

mais podcast ›

Videos

Sorteio eletrônico de vagas do CPM